Responsabilidade Social

As iniciativas e apoios da ABEAR e companhias associadas que contribuem para transformar o Brasil

Asas do Bem

Desde 2001, as companhias aéreas nacionais transportam gratuitamente órgãos, tecidos e equipes médicas para transplantes. Por meio de um acordo com Ministério da Saúde, Central Nacional de Transplantes, Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA) e operadores aeroportuários, elas contribuem para que o Brasil mantenha o maior sistema público de transplantes do mundo.

A aviação civil realiza mais de 90% dos transportes por via aérea para transplantes. A cada ano, cerca de 9 mil órgãos e tecidos doados chegam a tempo aos pacientes graças à agilidade do avião.

As aeronaves que levam materiais para transplantes têm prioridade de pouso e decolagem e os recipientes com os órgãos viajam sob cuidados especiais da tripulação ou acompanhados de uma equipe médica.

Em sua próxima viagem, você pode embarcar em um avião que levará um órgão para uma pessoa que espera ansiosamente por uma nova chance.

Jornada asas do bem

Conexões Transformadoras

A cada ano, as companhias aéreas fundadoras da ABEAR apoiam uma série de ações sociais que impactam a vida de pessoas de todo o País. Em conjunto, AVIANCA, AZUL, GOL LATAM contribuem com projetos de mais de 90 instituições, gerando novas oportunidades em várias regiões brasileiras.

  • 11.088 passagens aéreas doadas
  • 11 toneladas de carga transportadas gratuitamente
  • 2.459 funcionários atuaram como voluntários
  • 50 ações realizadas nas áreas de educação e cultura

(dados de 2018)

Amigos do Bem

A ABEAR e suas associadas colaboram com a ONG Amigos do Bem que trabalha para a erradicação da fome e da miséria no Sertão Nordestino. As companhias aéreas AVIANCA, AZUL, GOL e LATAM concedem passagens aéreas para o transporte de dentistas, médicos, equipes de educação e obras, além de materiais para os locais assistidos pela organização.

A cada ano, essa parceria possibilita o fomento de 750 frentes de trabalho nos estados do Ceará, Alagoas e Pernambuco, em projetos educacionais que impactam 10 mil crianças e jovens e atendimentos médicos que alcançam 35 mil pessoas.