Bagagens

Passageiro fazendo check-in no aeroporo e despachando uma prancha de surf Passageiro fazendo check-in no aeroporo e despachando uma prancha de surf

Bagagem Especial

Todas as companhias aéreas permitem o despacho de certos equipamentos esportivos e instrumentos musicais, mas é preciso checar as condições de cada empresa, já que alguns itens podem ter uma taxa para despacho. Confira as regras para os mais comuns:

  • Instrumentos musicais: podem ser transportados na cabine, como bagagem de mão, se respeitarem o peso e as dimensões limites da empresa aérea. Se ultrapassarem estas especificações devem ser acondicionados em embalagem apropriada, como estojos rígidos, para ser despachados. Verifique a política e as restrições de cada companhia.
  • Equipamentos esportivos: pranchas de surfe e bodyboard, skate, esqui e varas de pesca devem ser transportados dentro de embalagens apropriadas ou em suas caixas originais. Para evitar danos, as companhias costumam estipular um limite de peças por voo.
  • Bicicletas: devem estar acondicionadas em uma embalagem adequada, como mala ou case próprios (há modelos de marcas como Curtlo, Evoc, Solid e Thule à venda no Brasil). Os pedais da bicicleta devem ser removidos e embalados, o guidão deve estar preso paralelamente ao quadro, a roda dianteira precisa ser removida e presa ao quadro e, para algumas empresas, os pneus precisam estar vazios.