Bagagens

Passageira colocando bagagem de mão no compartimento superior da aeronave Passageira colocando bagagem de mão no compartimento superior da aeronave

Bagagem de mão

Todas as companhias aéreas permitem que o passageiro leve gratuitamente uma bagagem de mão em voos domésticos e internacionais.

A bagagem de mão deve ter as seguintes dimensões máximas, tanto em voos nacionais quanto internacionais: 55 cm X 35 cm x 25 cm. É preciso respeitar também o peso limite: 10 kg para voos dentro do Brasil ou que tenham o país como origem ou destino. Essas regras são adotadas pela AVIANCA, AZUL, GOL e LATAM.

A PASSAREDO considera o limite de 10 kg, mas determina as seguintes dimensões máximas: 55 cm X 35 cm X 22 cm.

A MAP – por causa dos modelos de aeronaves que opera – tem como peso limite para a bagagem de mão 5 kg e dimensões máximas de 55 cm X 35 cm X 22 cm.

Em voos internacionais que não têm o Brasil como origem ou destino, a LATAM considera outro limite máximo de peso: 8 kg para passageiros que viajam na classe Economy e 16 kg para quem viaja na Premium Economy ou na Premium Business.

A TAP exige que a bagagem de mão deve medir, no máximo, 55 cm X 40 cm X 20 cm. Quem viaja de classe econômica pode levar um volume de até 10 kg, e passageiro da executiva tem direito a 2 volumes com até 8 kg cada.

Se a mala ultrapassar as especificações da companhia, o passageiro pode ter de despachá-la e pagar pelos quilos excedentes.

Imagem que demonstra as medidas padrões de bagagem (55 cm X 35 cm x 25 cm)

Itens pessoais

Muitas companhias permitem também que o viajante leve gratuitamente um item pessoal, que pode ser uma bolsa pequena, uma pasta de trabalho, uma mochila para notebook, entre outros. Suas medidas máximas, válidas para AVIANCA, AZUL, LATAM e PASSAREDO devem ser: 45 cm X 35 cm X 20 cm. A GOL considera 43 cm X 32 cm X 22 cm como dimensões-limite, enquanto a MAP não permite o transporte de mais um item a bordo. Na TAP, o item pessoal pode pesar até 2 kg e ter dimensões máximas de 40 cm X 30 cm X 15 cm.

Itens proibidos na bagagem de mão

Alguns objetos não podem ser transportados na bagagem de mão ou na bolsa tanto em voos nacionais quanto internacionais:

  • Armas e réplicas de armas, exceto para agentes públicos que comprovem estar realizando funções como escolta de autoridade ou atividade investigatória, por exemplo, com autorização da Polícia Federal e da Autoridade a qual representa. Passageiros que não se encaixem nesse perfil só podem transportar armas e munições como bagagem despachada (é necessário apresentar a autorização da Polícia Federal no momento do despacho).
  • Objetos pontiagudos ou cortantes (tesoura com lâminas maiores de 6 cm, canivete, navalha etc.).
  • Outros instrumentos que possam ferir (martelo, alicate, bastões etc.).
  • Substâncias tóxicas, explosivas ou inflamáveis (aerossóis, fluido de isqueiro etc.).

Posso levar? Itens com regras específicas

Alguns objetos devem respeitar regras específicas para serem transportados como bagagem de mão, tanto em voos nacionais quanto internacionais:

  • Aparelhos de barbear e tesouras arredondadas devem ter lâminas menores de 6 cm.
  • Lixa de unha metálica somente sem ponta perfurante ou aresta cortante e com até 6 cm.
  • Lapiseiras e canetas tinteiro apenas menores que 15 cm.
  • Apenas um isqueiro (com gás ou fluido) por passageiro.
  • Bastão de selfie, desde que o peso e volume não excedam os limites permitidos à bagagem de mão (somando com os outros volumes).
  • Apenas em voos domésticos, pode-se levar no máximo 5 garrafas de bebida alcoólica de até um litro cada, desde que estejam lacradas e tenham teor alcoólico inferior a 70%.
  • Também em voos domésticos, é possível levar até 4 unidades de spray de uso médico ou de higiene pessoal, em frascos de até 300 ml ou 300 g.

Posso levar? Itens com regras específicas — voos internacionais

Confira restrições específicas para a bagagem de mão e item pessoal em voos ao exterior:

  • Não é permitido levar líquidos, géis e pastas em recipientes com mais de 100 ml de volume. Além disso, todos os líquidos e cremes abaixo desse volume devem ser armazenados com folga dentro de um saco plástico transparente vedado de até 1 litro (20 cm x 20 cm), a ser apresentado na inspeção de embarque. Só é permitida uma embalagem dessas por passageiro.
  • Líquidos adquiridos no free shop serão aceitos somente se estiverem em sacola selada, acompanhados das notas fiscais do dia do voo. No caso de conexão, consulte a loja para garantir que não terá problema na troca de aeronave.
  • Alimentos de bebê, xaropes e soros devem ser levados somente na quantidade necessária para todo o período da viagem de ida (incluindo escalas e conexões).
  • Se o voo for para os Estados Unidos, há um limite de 350 ml para substâncias em pó.

Atenção: Algumas restrições ainda podem ser aplicadas pelo agente de segurança na área de inspeção.

Dica! Como montar uma mala de mão

Aconselha-se transportar na mala de mão ou na bolsa objetos frágeis, importantes, de valor econômico e sentimental ou úteis para a viagem — por exemplo, equipamentos eletrônicos (laptop, tablet, celular, câmera), remédios, dinheiro, documentos, chaves e material para leitura ou conforto pessoal (como tampões de ouvido, máscara para cobrir os olhos, travesseiros de pescoço etc.).

É bom também levar um agasalho, pois em algumas aeronaves a temperatura pode ficar baixa. E é recomendável levar, ainda, uma muda de roupa adequada ao clima na cidade de destino — o que vale também como precaução em caso de extravio de bagagem.

Se a viagem for curta, só a bagagem de mão pode ser suficiente, e você tem a vantagem de sair mais rápido do aeroporto.