Assistência especial

Como solicitar

As empresas prestam atendimento prioritário e assistência nos seguintes procedimentos: check-in, despacho de bagagem, deslocamento do balcão de check-in até a aeronave (passando pelos controles de fronteira e segurança), embarque e desembarque, acomodação no assento e deslocamento dentro do avião, acomodação da bagagem de mão, deslocamento da aeronave até a área de restituição de bagagem, recolhimento da bagagem despachada e acompanhamento nos controles de fronteira, saída da área de desembarque e acesso à área pública, condução às instalações sanitárias, prestação de assistência a usuário de cão-guia, transferência ou conexão entre voos e realização de demonstração individual dos procedimentos de emergência (quando solicitada).

Passageiros com necessidades especiais precisam informar a companhia aérea com antecedência — no momento da compra da passagem ou pelos canais de atendimento —, para que elas possam garantir a assistência.

No caso de solicitações que não exigem atestado médico ou MEDIF — por exemplo, assistência a idosos, deficientes auditivo e visual — as companhias AZUL MAP pedem que ela seja feita com pelo menos 72 horas de antecedência ao voo. GOL e LATAM determinam o prazo de 48 horas antes do voo. PASSAREDO não pede uma solicitação com antecedência, basta que o passageiro se apresente no balcão de check-in dentro do horário.

Quando a solicitação exige atestado médico ou MEDIF, o prazo para o seu envio é de 72 horas antes do voo para todas as companhias. Após o recebimento do documento, as empresas entram em contato autorizando ou não a viagem.

Ao chegar no aeroporto, passageiros com necessidades especiais devem se apresentar no balcão de check-in da companhia aérea.