Clipping

25/09/18

CLIPPING 25/09/2018

JORNAL O GLOBO

Greve na Argentina: saiba seus direitos em caso de cancelamento de voos

https://oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/greve-na-argentina-saiba-seus
-direitos-em-caso-de-cancelamento-de-voos-23098232

Greve geral na Argentina faz empresas aéreas cancelarem voos nesta terça

https://oglobo.globo.com/economia/greve-geral-na-argentina-faz-empresas-aereas-cancelarem
-voos-nesta-terca-23098429#ixzz5S6gtb5Hz
 

Vai viajar? Encha sua mala com informação

https://oglobo.globo.com/economia/vai-viajar-encha-sua-mala-com-informacao-22242536

Dólar acelera e turista pisa no freio em agosto

https://blogs.oglobo.globo.com/miriam-leitao/post/dolar-acelera
-e-turista-pisa-no-freio-em-agosto.html

 

JORNAL DO BRASIL

LATAM cancela voos para Argentina durante greve

http://www.jb.com.br/economia/2018/09/9204-latam-cancela-voos
-para-argentina-durante-greve.html

Viagens corporativas crescem 11,9% no 2º trimestre

http://www.jb.com.br/economia/2018/09/9180-viagens-corporativas
-crescem-11-9-no-2-trimestre.html

 

FOLHA DE SÃO PAULO

Passageiro poderá medir bagagem de mão com aplicativo da Latam

Guilherme Magalhães

A Latam anunciou nesta segunda-feira (24) o lançamento de um sistema de realidade
aumentada em seu aplicativo para smartphones e tablets.

Isso vai permitir aos passageiros verificar com antecedência se sua bagagem de mão atende
às especificações permitidas.

Para acessar a ferramenta, os usuários devem entrar no menu Mais do aplicativo, e então
selecionar a opção Realidade Aumentada e seguir as instruções na tela para adicionar a
caixa virtual e compará-la com a bagagem de mão.

Um vídeo detalha o passo a passo para medir a bagagem.

A ferramenta está disponível para sistema operacional iOS na versão 11.0 ou superior e para
Android na versão 7.0 ou superior. Para funcionar, o dispositivo móvel deve ter instalado a
versão mais recente do aplicativo da Latam.

 

O ESTADO DE SÃO PAULO

O maior acidente aéreo do Brasil

https://esportefera.com.br/fotos/futebol,o-maior-acidente-aereo-do-brasil,926703

 

O ESTADO DE MINAS

Dólar caro diminuiu gastos em viagens em 20% e tendência continua, diz BC

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/09/24/internas_economia,991311/dolar
-caro-diminuiu-gastos-em-viagens-em-20-e-tendencia-continua-diz.shtml

Viagens corporativas crescem 11,9% no 2º trimestre

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/09/24/internas
_economia,991304/viagens-corporativas-crescem-11-9-no-2-trimestre.shtml

 

G1

Com previsão de início na sexta-feira, obras na pista do Aeroporto
Leite Lopes não devem alterar operações

https://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2018/09/25/com-previsao-de
-inicio-na-sexta-feira-obras-na-pista-do-aeroporto-leite-lopes-nao-devem-alterar
-operacoes.ghtml

Avião sai da pista durante pouso e fecha Aeroporto de Foz do Iguaçu
por quase uma hora

https://g1.globo.com/pr/oeste-sudoeste/noticia/2018/09/24/aviao-sai-da-pista-durante
-pouso-no-aeroporto-de-foz-do-iguacu.ghtml

Drone suspende operação no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte,
em Confins

https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2018/09/24/drone-suspende-operacao-no
-aeroporto-internacional-de-belo-horizonte-em-confins.ghtml

 

DCI

Viagens corporativas crescem 11,9% no 2º trimestre

https://www.dci.com.br/servicos/viagens-corporativas-crescem-11-9-no-2-trimestre-1.743071

 

PANROTAS

Singapore recebe aeronave para 'voo mais longo do mundo'

https://www.panrotas.com.br/aviacao/investimentos/2018/09/singapore
-recebe-aeronave-para--39voo-mais-longo-do-mundo-39_158943.html

Latam lança realidade aumentada para medição de bagagens

https://www.panrotas.com.br/aviacao/tecnologia/2018/09/latam-lanca-realidade
-aumentada-para-medicao-de-bagagens_158939.html

Pampulha poderá receber aviões de grande porte, define Anac

https://www.panrotas.com.br/aviacao/aeroportos/2018/09/pampulha-podera
-receber-avioes-de-grande-porte-define-anac_158934.html

Tap tem reprivatização pelo governo português aprovada

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/tap-tem
-reprivatizacao-pelo-governo-portugues-aprovada_158932.html

Azul irá repassar sua frota de Embraer para Azorra

https://www.panrotas.com.br/aviacao/parcerias/2018/09/azul-ira
-repassar-sua-frota-de-embraer-para-azorra_158928.html

Hub da Air France-KLM em Fortaleza opera com 90% de ocupação

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/hub-da-air-france-klm-em

-fortaleza-opera-com-90-de-ocupacao_158927.html

 

MERCADO E EVENTOS

Singapore Airlines retoma sonho antigo ao receber 1° A350-900ULR

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/singapore-airlines-retoma-sonho
-antigo-ao-receber-1-a350-900ulr/

Copa realiza primeiro voo comercial com B737 MAX 9

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/copa-realiza
-primeiro-voo-comercial-com-b737-max-9/

Air Europa terá voo direto para as Cataratas do Iguaçu em 2019

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/air-europa-tera-ligacao
-direta-para-as-cataratas/

Azul adia início das operações do A330-900neo para janeiro de 2019

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/azul-adia-inicio-das-operacoes
-do-a330-900neo-para-janeiro-de-2019/

Air France-KLM comemora ocupação de 90% e baixa tarifa nos voos
de Fortaleza

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/air-france-klm-comemora
-ocupacao-alta-e-tarifa-baixa-nos-voos-de-fortaleza/

Azul fecha parceria com Azorra para revenda e subarrendamento de E-Jets
https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/azul-fecha-parceria-com-azorra-para
-realocacao-de-e-jets/

 

VALOR

Greve contra arrocho e FMI deve parar o país hoje 

Por Marsílea Gombata | De São Paulo 

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, enfrenta hoje a quarta greve geral contra seu
governo. Convocada pelas principais centrais sindicais, a greve pode ser a maior desde que
Macri tomou posse, em dezembro de 2015. 

A paralisação foi convocada pela Confederação Geral do Trabalho (CGT) e pelas Central de
Trabalhadores da Argentina (CTA) e Central de Trabalhadores da Argentina- Autônoma
(CTA-A). A greve ocorre depois de 12 horas de manifestações contra o governo. A previsão
é de que não funcionem aeroportos, ônibus, metrô, trens interurbanos, serviços de
abastecimento por caminhões, supermercados, hospitais, escolas e bancos.

O governo estima que a greve terá impacto de 31,6 bilhões de pesos, equivalente a 0,2%
do PBI, segundo o jornal "El Clarín".

"Tudo indica que será a maior greve que o governo Macri já enfrentou", diz Julio Burman,
cientista político da Universidade de Belgrano. "Com a inflação de 45% ao ano e os salários
aumentando entre 10 e 25%, a perda de renda é um fato. Isso significa um descontentamento
social importante." 

Os sindicatos protestam contra a inflação e a perda salarial, mas também contra as
negociações do governo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). A ajuda do Fundo
implica num ajuste fiscal em meio à queda da atividade. 

Dados oficiais mostram que a economia contraiu-se 4,2% no segundo trimestre, e o
desemprego aumentou para 9,6% em relação ao mesmo período do ano passado. 

"A diferença entre a greve de hoje e as anteriores é que a situação econômica está muito
mais grave", afirma Pablo Micheli, da CTA-A. "O que vínhamos advertindo nas greves
anteriores é que a realidade que estamos vivendo hoje aconteceria cedo ou tarde com o
modelo econômico do governo atual." 

Para Gabriel Puricelli, da Universidade de Buenos Aires, a greve se diferencia das anteriores
pois ocorre em meio à perda de apoio de Macri dentro e fora do país. 

"Apesar de ter boa relação com alguns sindicatos, o governo não consegue evitar o
enfrentamento com as centrais. Além disso, vê sua aprovação cair dentre os eleitores, e o
mercado não responde bem às suas medidas", diz. 

Pablo Knopoff, diretor do Instituto Isonomía, diz que Macri precisa atrair apoio internacional
para traduzi-lo em apoio interno. 

"O governo está tentando atrair apoio do mundo para a Argentina, mas se não conseguir
fazê-lo, não terá confiança dos argentinos", diz. "A grande pergunta é se Macri conseguirá
traduzir apoio internacional em respaldo interno." 

Knopoff observa que a greve é marcada por uma situação econômica complicada, que dá r
espaldo para as centrais sindicais se indisporem com Macri. Segundo ele, os governos de
Néstor e Cristina Kirchner enfrentaram seis greves gerais em 12 anos. Macri enfrenta a
quarta em menos de três anos. 

"Por mais difícil que seja a situação econômica, os sindicatos têm muito menos paciência
com o governo atual", afirma. 

Em virtude da adesão dos trabalhadores do setor aéreo à greve, a Aerolíneas Argentinas
cancelou todos os voos previstos para hoje. A paralisação dos metroviários começou ontem
às 20h e está prevista para se estender por 36 horas. 

 

Ações das aéreas recuam pressionadas pelo preço do petróleo 

Por João José Oliveira | Valor, com Dow Jones Newswires 

SÃO PAULO  -  A disparada do preço do petróleo, que chegou, na máxima do dia nesta
segunda-feira, a seu valor mais alto desde novembro de 2014, afeta as ações das
companhias aéreas negociadas na bolsa brasileira.

Por volta das 14h30, a ação da Gol recuava 5,61%, para R$ 10,77 — maior baixa do
Ibovespa. Já o papel da Azul cedia 5,42%, para R$ 23,95. 

A Azul não integra o Ibovespa, que operava em baixa de 1,11% no horário, em 78.566 pontos. 

Em Londres, o contrato do petróleo do tipo Brent subia 2,81%, para US$ 80,44, enquanto em
Nova York, o contrato do barril do petróleo WTI avançava 2,36%, a US$ 72,45. 

Os combustíveis respondem por uma fatia de 30% a 40% das despesas operacionais da
companhias aéreas brasileiras. Quanto mais valorizado o dólar ante o real e quanto mais
caro o barril de petróleo, maior o peso do combustível nos custos operacionais. 

O dólar e o petróleo em alta ameaçam travar o ciclo positivo na aviação no qual, pela primeira
vez desde 2015, a oferta e a demanda por viagens aéreas internacionais e domésticas estão
crescendo entre os turistas brasileiros, tanto nas companhias nacionais como nas
estrangeiras, de forma simultânea. 

EUA

Também as ações das companhias aéreas americanas registram forte queda hoje com a
disparada no preço do petróleo. A alta levanta a preocupação dos investidores com os efeitos
negativos nos custos e na demanda, uma vez que as companhias tendem a aumentar as
tarifas de forma agressiva para contornar o aumento dos preços do combustível, diz a
analista Helane Becker, da consultoria Cowen & Co.

Por volta das 14h30, as ações da American Airlines recuavam 3,08%, para US$ 42,26,
enquanto as da Delta Airlines tinham queda de 3,97%, para US$ 57,25, e as da United
Continental caíam 2,98%, para US$ 87,26. 

Já os papéis da Southwest Airlines cediam 3,09%, a US$ 61,80, e os da JetBlue tinham
queda de 2,89%, a US$ 19,32. 

O índice que reúne as áreas negociados na Nyse, chamado Arca Ailine, recuava 2,6%. 

 

Greve geral na Argentina afeta voos de aéreas brasileiras 

Por João José Oliveira | Valor 

SÃO PAULO  -  A greve geral na Argentina nesta terça-feira (25) tem reflexos na malha aérea
de companhias brasileiras que voam para o país. 

O movimento foi convocado pela Confederação Geral do Trabalho (CGT) argentina. A greve 

afeta operações de aeroportos, ônibus, metrô, trens interurbanos, os serviços de
abastecimento por caminhões, taxis, supermercados, hospitais, escolas e bancos. 

A Latam Airlines informou que, em razão de uma paralisação nacional na Argentina anunciada
para hoje, os voos vindos do país vizinho e para lá, bem como os voos internos no país, foram
cancelados. 

A companhia recomenda aos passageiros afetados que entrem em contato com os canais de
atendimento para remarcar os bilhetes sem custos adicionais ou receberem o dinheiro de
volta. 

 


abear no facebook

abear no twitter

São Paulo

Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
04028-002 | Moema | São Paulo/SP
+ 55 11 2369-6007

Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160 - Edifício Orly, 8º andar, Sala 832
20020-080 | Centro | Rio de Janeiro/RJ
+ 55 21 2532-6126

Brasília

SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
70070-944 | | Brasília/DF
+ 55 61 3225-5215