Clipping

18/12/18

CLIPPING 18/12/2018

JORNAL O GLOBO

Boeing pagará mais que o previsto para ficar com 80% de empresa
criada com Embraer

https://oglobo.globo.com/economia/boeing-pagara-mais-que-previsto-para-ficar-com
-80-de-empresa-criada-com-embraer-23310307

 

FOLHA DE SÃO PAULO

Boeing fecha acordo para comprar brasileira Embraer

Igor Gielow

Folha de S.Paulo

Após um ano de negociação, a americana Boeing fechou os termos da compra da área de
aviação civil da Embraer.

O acerto, que cria uma nova empresa no valor de US$ 5,26 bilhões (R$ 20,5 bilhões no
câmbio de ontem), será agora submetido ao governo brasileiro.

Os americanos pagarão aos brasileiros US$ 4,2 bilhões (R$ 16,4 bilhões caso tudo fosse
pago hoje, o que não ocorrerá), US$ 400 milhões a mais do que o previsto inicialmente, para
ter 80% do controle da nova empresa.

Em julho passado, a Boeing havia divulgado que o total seria de US$ 4,75 bilhões
(R$ 18,5 bilhões).

O valor havia sido considerado baixo por alguns analistas, mas a reavaliação tem mais a ver
com a identificação de custos maiores para a cirurgia de separação da aviação civil da
fabricante brasileira.

 

Aeroporto de Cumbica registra 5º dia seguido de atrasos em voos

SÃO PAULO

Pelo quinto dia seguido, passageiros do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande São
Paulo), continuam enfrentando atrasos nos voos operados pelo terminal —o maior do país.

Para as companhias aéreas, os atrasos ainda são um reflexo do temporal da semana passada
que atingiu a Grande São Paulo e forçou um novo rearranjo da malha aérea.

Segundo a Gru Airport, a concessionária responsável pela administração do aeroporto, 19
dos 122 voos previstos registraram atrasos da meia-noite às 7h desta segunda-feira (17).

O aeroporto opera normalmente nesta segunda, mas as companhias aéreas ainda não
conseguiram normalizar seus voos depois de todos os atrasos e cancelamentos entre quinta
(13) e domingo (16), segundo a concessionária.

A situação foi mais complicada no fim de semana. De 0h até 18h deste domingo, 74 voos dos
480 previstos não saíram ou chegaram no horário, o correspondente a cerca de 15% do total.

No sábado (15), dos 530 voos previstos, entre partidas e chegadas, 146 tiveram atrasos acima
de 30 minutos e, até as 18h, 43 voos tinham sido cancelados.

Na sexta (14), dos 509 voos, 216 tiveram atrasos de mais de 30 minutos. Pelo menos 32 voos
foram cancelados.

TEMPORAL

?As fortes chuvas que atingiram diferentes pontos de São Paulo na última quinta deixaram a
capital paulista em estado de atenção, com pelo menos 14 pontos de alagamentos.

Segundo os bombeiros, houve a queda de 67 árvores. Como algumas caíram em áreas
energizadas, foi preciso interromper o fornecimento de energia elétrica em alguns bairros da
cidade.

O último fim de semana da primavera – o verão começa na sexta-feira (21) – teve calor
intenso em São Paulo. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), até
terça (18), a capital segue com sol e calor com pancadas de chuva no fim de tarde.

Nesta segunda, as temperaturas devem variar entre 21ºC e 33ºC na capital paulista. No fim
da tarde, a chegada de uma brisa marítima deve causar aumento de nebulosidade e pancadas
de chuva com trovoadas e rajadas de vento.

O dia segue com sol e calor na terça (18). Os termômetros podem variar entre mínimas de
21ºC e as máximas podem ultrapassar 33ºC e, nas horas mais quentes, os índices de
umidade serão baixos. Entre o fim da tarde e o começo da noite, pancadas de chuva com
forte intensidade estão previstas.

 

O ESTADO DE SÃO PAULO

Pelo quinto dia consecutivo, aeroporto de Guarulhos registra
atrasos nos voos

https://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,pelo-quinto-dia-consecutivo
-aeroporto-de-guarulhos-tem-atrasos-nos-voos,70002649161

Embraer e Boeing aprovam fusão e aguardam aval do governo; companhia
é avaliada em US$ 5,26 bi

https://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,embraer-e-boeing-aprovam-fusao-e
-aguardam-aval-do-governo-companhia-e-avaliada-em-us-5-26-bi,70002649011

 

CORREIO BRAZILIENSE

Voos continuam atrasados no Aeroporto Internacional de Guarulhos

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2018/12/17/interna-brasil
,725795/voos-continuam-atrasados-no-aeroporto-internacional-de-guarulhos.shtml

Novo governo dará palavra final sobre Embraer e Boeing

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2018/12/18/internas
_economia,725970/novo-governo-dara-palavra-final-sobre-embraer-e-boeing.shtml

Companhias de baixo custo criam desafio para o setor de aviação

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2018/12/18/internas
_economia,725971/companhias-de-baixo-custo-criam-desafio-para-o-setor-de-aviacao.shtml

Anac prorroga prazo de solicitação de esclarecimento de leilão
de 12 aeroportos

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2018/12/17/internas
_economia,725845/anac-prorroga-prazo-de-esclarecimento-de-leilao-de-12-aeroportos.shtml

 

O ESTADO DE MINAS

Embraer e Boeing aprovam fusão e aguardam aval do governo

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/12/17/internas_economia
,1013885/embraer-e-boeing-aprovam-fusao-e-aguardam-aval-do-governo.shtml

 

AGÊNCIA BRASIL

Anac começa operação de fiscalização de empresas aéreas no país

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-12/anac-comeca-operacao-de
-fiscalizacao-de-empresas-aerea-no-pais

Embraer e Boeing aprovam termos para fusão

http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-12/embraer
-e-boing-firmam-parceria-para-acelerar-crescimento

Voos continuam atrasados no Aeroporto Internacional de Guarulhos

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-12/voos-continuam-atrasados-no
-aeroporto-internacional-de-guarulhos

 

G1

Justiça Federal determina remoção de cargas perigosas do Aeroporto
de Viracopos

https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2018/12/17/justica-federal-determina
-remocao-de-cargas-perigosas-do-aeroporto-de-viracopos.ghtml

Movimento de fim de ano no aeroporto de Palmas deve crescer 4%
em 2018, diz Infraero

https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2018/12/17/movimento-de-fim-de-ano-no
-aeroporto-de-palmas-deve-crescer-4-em-2018-diz-infraero.ghtml

Inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista é adiada após
decisão da Justiça

https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2018/12/17/inauguracao-do-novo-aeroporto-de
-vitoria-da-conquista-e-adiada-apos-decisao-da-justica.ghtml

 

ÉPOCA NEGÓCIOS

Pelo quinto dia consecutivo, aeroporto de Guarulhos registra atrasos
nos voos

https://epocanegocios.globo.com/Brasil/noticia/2018/12/epoca-negocios-pelo-quinto-dia
-consecutivo-aeroporto-de-guarulhos-registra-atrasos-nos-voos.html

Anac começa operação de fiscalização de empresas aéreas no país

https://epocanegocios.globo.com/Brasil/noticia/2018/12/anac-comeca-operacao-de
-fiscalizacao-de-empresas-aereas-no-pais.html

 

JORNAL HOJE

Embraer e Boeing anunciam acordo bilionário para criação de nova
empresa de aviação

https://globoplay.globo.com/v/7238995/

 

JORNAL GLOBONEWS

Começa nesta segunda-feira (17) a operação fim de ano nos 13
principais aeroportos do país

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/v/comeca-nesta
-segunda-feira-17-a-operacao-fim-de-ano-nos-13-principais-aeroportos-do-pais/7238873/

 

PANROTAS

Low cost Sky estreia rota entre Santiago (Chile) e Guarulhos

https://www.panrotas.com.br/aviacao/novas-rotas/2018/12/low-cost-sky
-estreia-rota-entre-santiago-chile-e-guarulhos_161099.html

Voo direto entre São Paulo e Curaçao é iniciado; veja fotos

https://www.panrotas.com.br/aviacao/eventos/2018/12/voo-direto-entre-sao
-paulo-e-curacao-e-iniciado-veja-fotos_161098.html

Delta prevê crescimento de 6% e oportunidades de mercado

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/12/delta-preve-crescimento
-de-6-e-oportunidades-de-mercado_161092.html

Tap lança A330-900neo em Lisboa-SP; voo tem wi-fi gratuito

https://www.panrotas.com.br/aviacao/investimentos/2018/12/tap-lanca-a330
-900neo-em-lisboa-sp-voo-tem-wi-fi-gratuito_161085.html

Viracopos (SP) tem 5ª alta seguida na movimentação de pax

https://www.panrotas.com.br/aviacao/aeroportos/2018/12/viracopos-sp-tem
-5-ordf-alta-seguida-na-movimentacao-de-pax_161081.html

Brasil assina céus abertos com Reino Unido, e 'abandona' UE

https://www.panrotas.com.br/aviacao/parcerias/2018/12/brasil-fecha-ceus
-abertos-com-reino-unido-e--39abandona-39-ue_161077.html

Aeroportos da Infraero esperam 5 milhões de pax até janeiro

https://www.panrotas.com.br/aviacao/pesquisas-e-estatisticas/2018/12/aeroportos
-da-infraero-esperam-5-milhoes-de-pax-ate-janeiro_161072.html

Turkish passa a cobrar taxa de combustível no Brasil

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/12/turkish-passa
-a-cobrar-taxa-de-combustivel-no-brasil_161070.html

 

MERCADO E EVENTOS

Azul completa 10 anos de operações com festa especial em Campinas

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/azul-completa-10-anos-de
-operacoes-com-festa-especial-em-campinas/

Anac inicia Operação Especial 2019 nos principais aeroportos do País

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/anac-inicia-operacao-especial
-2019-nos-principais-aeroportos-do-pais/

Delta projeta lucrar US$ 5 bilhões pelo quinto ano seguido em 2019

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/delta-projeta-lucrar-us-5-bilhoes
-pelo-quinto-ano-seguido-em-2019/

Brasileiros fizeram três viagens domésticas em 2018, diz pesquisa
da Booking.com

https://www.mercadoeeventos.com.br/_destaque_/destinos-destaque/brasileiros
-fizeram-3-viagens-domesticas-em-2018-segundo-pesquisa/

Etihad Airways é processada por suposta responsabilidade na falência
da airberlin

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/etihad-airways-e-processada-por
-suposta-responsabilidade-na-falencia-da-airberlin/

SKY inaugura voos de baixo custo entre Santiago e São Paulo, terceiro
destino no Brasil

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/sky-inaugura-voos-para-sao-paulo
-terceiro-destino-no-brasil/

BH Airport deve receber 2 milhões de passageiros na alta temporada
2018/2019

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/bh-airport-deve-receber-2
-milhoes-de-passageiros-na-alta-temporada-20182019/

Copa inaugura voos diretos entre Panamá e Puerto Vallarta

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/copa-inaugura-voos
-diretos-entre-panama-e-puerto-vallarta/

Embraer e Boeing aprovam joint venture pelo valor de US$ 4,2 bilhões

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/embraer-e-boeing-aprovam
-termos-de-parceria-aeroespacial/

 

VALOR

Divisão da Varig no México vai a leilão por R$ 31,9 milhões

Por Rita Azevedo | Valor

SÃO PAULO  -  A Varig de México — criada pela Varig em 1983 e posteriormente repassada
para a Varig Logística (VarigLog) — tem suas ações leiloadas nesta segunda-feira (17) após
decisão da Justiça. O lance inicial é de R$ 31.985.454,55. Até o momento, nenhuma oferta foi
feita.

A Varig de México atua há 35 anos no controle e no armazenamento de cargas em uma área
de concessão do Aeroporto Internacional da Cidade do México — Benito Juárez. A concessão
para o uso do espaço no aeroporto mexicano irá durar mais quatro anos, o que pode atrair o
interesse de companhias globais de serviços aeroportuários.  

O leilão foi determinado pela 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo a
pedido da massa falida da VarigLog, dona dos papéis. A disputa é realizada exclusivamente
pela internet pelo site Superbid Judicial.

É a segunda vez que as ações da Varig de México vão à leilão neste ano. Na primeira delas,
em maio, não foram registrados interessados. Uma das possíveis companhias que poderiam
apresentar lances na disputa atual é a empresa de serviços aeroportuários suíça Swissport,
apurou o Valor.

No primeiro leilão, realizado em maio, a companhia cogitava apresentar uma oferta, mas teria
desistido devido às dúvidas em torno da possibilidade da construção de um novo aero
procurada, mas não retornou o contato.

O interesse da suíça pela Varig de México é antigo. Em 2008, quando a massa falida da Varig
disputava na Justiça contra a Varig Log a posse da filial mexicana, a Swissport declarou o
interesse no ativo, mas a compra não foi concretizada.

A oferta atual envolve 1,9 mil ações série A e 31 mil ações série B que representam juntas
99,95% do capital social da Varig de México. O encerramento do pregão está previsto para
ocorrer às 14h30 do dia 19 de dezembro. Caso os papéis não sejam arrematados nesse
prazo, o leilão seguirá sem interrupção até às 14h30 do dia 28 de janeiro de 2019, com
desconto de 40% no lance inicial.

O valor dos papéis foi definido após uma análise econômico-financeira feita pela consultoria
mexicana Gidari, que levou em conta a dimensão da Varig de México, as perspectivas do
negócio, as demonstrações financeiras anuais até 2017 e o histórico de vendas mensais.

Podem participar da disputa pessoas físicas ou jurídicas sediadas no Brasil ou no exterior
desde que tenham representação no Brasil.

 

Anac intensifica fiscalização nos principais aeroportos do país

Por Cibelle Bouças | Valor

SÃO PAULO  -  A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) iniciou, nesta segunda-feira (17),
uma operação para intensificar a fiscalização nos principais aeroportos do país. O objetivo é
observar a prestação de assistência aos passageiros pelas empresas aéreas.  

A operação contempla os aeroportos de Galeão e Santos Dumont (Rio), Congonhas e
Guarulhos (São Paulo), Viracopos (Campinas), Brasília (Distrito Federal), Confins (Belo
Horizonte), Curitiba (São José dos Pinhais, no Paraná), Porto Alegre, Salvador, Fortaleza,
Recife e Manaus.

Aproximadamente 200 servidores da Anac trabalharão em turnos para cobrir os períodos de
maior movimento e de maior fluxo de passageiros nos aeroportos envolvidos. A operação
compreende duas fases: uma no período de 17 de dezembro a 6 de janeiro de 2019 e a
outra dos dias 25 de fevereiro a 9 de março, no período do Carnaval.

 

Se tem avião, o Estado mete a mão

No intervalo de uma semana, dois eventos que mostram o poder determinante do Estado em
arranjos societários no Brasil: o caso das companhias aéreas e o da fabricante de aviões.
Não coincidentemente, dois casos envolvendo aviação, área quase sempre considera
estratégica.

Não que esse tipo de interferência seja novidade para quem atue no mercado de capitais por
aqui. Mas o tema se torna de especial relevância diante da proximidade da posse de um
governo que terá um presidente conhecido pelo discurso nacionalista. E um ministro da
Economia famoso pela convicção liberal.

Primeiro, a medida provisória que permite que estrangeiros possam ter até 100% do capital
votante de companhias aéreas - o limite hoje é de 20%. Diga-se: não é a primeira vez que
se tenta passar essa mudança por MP - a anterior, editada no curto segundo mandato de
Dilma Rousseff (PT), caducou no Congresso.

A nova MP acaba com uma restrição de cunho nacionalista, que parte do pressuposto de
que capitalistas nascidos no Brasil (ou naturalizados) teriam melhor comportamento que os
de outras nacionalidades.

A restrição a participação de investidores estrangeiros no capital votante de aéreas acabou
por justificar a criação de estruturas societárias complexas e opacas na cadeia de controle
das companhias deste setor.

A antiga TAM, hoje Latam, acabou sendo incorporada por uma empresa chilena, mas com
os brasileiros mantendo o “controle” da aérea com CNPJ local. Isso foi possível pelo uso da
legislação societária do Chile, que permite a separação do direito econômico do direito de
voto. Mas todos sabem onde está o poder de fato.

Por aqui, a vedação aos estrangeiros acabou por pesar na decisão da Comissão de Valores
Mobiliários (CVM) de referendar a existência das super ações preferenciais (PNs), que
também desequilibram o poder econômico e político na cadeia societária - e na contramão
do que se tentou fazer na reforma de 2001 da Lei das S.A.. Fato é que na Azul cada ação
PN equivale, em termos econômicos, a 75 ações ON. Na Gol, a relação é de 35 para 1.

Conforme reportou a jornalista Graziella Valenti, a MP deve fazer com que a Gol revise o
modelo de reincorporação da Smiles - inclusive porque o plano proposto não tinha sido aceito
pela B3 para listagem da empresa no Novo Mercado. Afinal, o princípio base deste segmento
de listagem da bolsa é o de “uma ação, um voto”.

Se existe demanda dos agentes privados - leia-se emissores de ações e investidores - por
uma estrutura acionária que desbalanceie o poder de voto numa empresa, é algo legítimo a
se discutir - ainda que os defensores das boas práticas de governança não lidem bem com
essa ideia.

Mas o caso se torna mais complicado quando é o Estado, via legislação, que de alguma forma
acaba forçando esse desequilíbrio societário. Mesmo que, formalmente, não seja do interesse
das partes privadas.

Quer dizer, caso a MP seja convertida em lei, ao menos não existirá mais uma justificativa
clara (ou desculpa) para o uso desse tipo de arranjo societário. Quem quiser usá-lo vai ter
que defendê-lo no mérito. 
se resguardou poder de veto para determinadas decisões na empresa. E o caráter dito
estratégico da companhia — especialmente na área de defesa, mas também de
desenvolvimento educacional e tecnológico — torna difícil, politicamente, a aprovação de um
negócio que tenha como resultado o fechamento de operações da companhia no país.
Ninguém quer ser o presidente que fará a fábrica de São José dos Campos ser fechada.

O resultado é que, na associação negociada com a Boeing, se desenha uma estrutura
societária diferente da ótima.

Supostamente, a Embraer em si não será vendida. Mas seu principal negócio sim. Caso a
transação siga como planejado, os acionistas da companhia local passarão a ser minoritários
indiretos de uma empresa de capital fechado que terá o negócio de aviação comercial. E
conservarão direito integral sobre os segmentos de aviação executiva e de Defesa, bem
menos lucrativos.

Como em quase todas as decisões na vida, existem prós e contras nas escolhas.

A ver se nos próximos anos prevalecerá o nacionalismo do discurso do presidente ou o
liberalismo do superministro.


abear no facebook

abear no twitter

São Paulo

Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
04028-002 | Moema | São Paulo/SP
+ 55 11 2369-6007

Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160 - Edifício Orly, 8º andar, Sala 832
20020-080 | Centro | Rio de Janeiro/RJ
+ 55 21 2532-6126

Brasília

SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
70070-944 | | Brasília/DF
+ 55 61 3225-5215