Clipping

12/09/18

CLIPPING 12/09/2018

O GLOBO

Ryanair vai cancelar 150 voos devido à greve na Alemanha nesta quarta-feira

https://oglobo.globo.com/economia/ryanair-vai-cancelar-150-voos-devido-greve-na-alemanha

-nesta-quarta-feira-23058786#ixzz5QsdufpUl 

 

JORNAL DO BRASIL

Ryanair cancela 150 voos desta quarta-feira por greve na Alemanha

http://www.jb.com.br/economia/2018/09/5280-ryanair-cancela-150-voos-desta-quarta
-feira-por-greve-na-alemanha.html

 

CORREIO BRAZILIENSE

Aeroporto de Brasília terá nova linha direta para Buenos Aires

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2018/09/11/interna
_cidadesdf,705282/aeroporto-de-brasilia-tera-nova-linha-direta-para-buenos-aires.shtml

 

G1

Estacionamento de veículos do aeroporto de Macapá inicia cobrança
pelas vagas

https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2018/09/11/estacionamento-de-veiculos-do
-aeroporto-de-macapa-inicia-cobranca-pelas-vagas.ghtml

Roubo de dados da British Airways ocorreu com manipulação do script,
diz companhia de cibersegurança

https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2018/09/11/roubo-de-dados-da-british
-airways-ocorreu-com-manipulacao-do-script-diz-companhia-de-ciberseguranca.ghtml

 

PANROTAS

O que as low costs esperam dos aeroportos? Amadeus responde

https://www.panrotas.com.br/aviacao/tecnologia/2018/09/o-que-as-low-costs
-esperam-dos-aeroportos-amadeus-responde_158627.html

Organização alerta para risco de novos atentados nos EUA

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/organizacao-alerta
-para-risco-de-novos-atentados-nos-eua_158632.html

Norwegian estuda estrear voos ao Rio a partir de 2019, diz CEO

https://www.panrotas.com.br/aviacao/novas-rotas/2018/09/norwegian-estuda
-estrear-voos-ao-rio-a-partir-de-2019-diz-ceo_158637.html

Anac facilita processo para frequências internacionais

https://www.panrotas.com.br/aviacao/aeroportos/2018/09/anac-facilita
-processo-de-alocacao-de-frequencias-internacionais_158625.html

Sabre lança ferramenta de precificação para aéreas; conheça

https://www.panrotas.com.br/aviacao/tecnologia/2018/09/sabre-lanca-ferramenta
-de-precificacao-para-aereas-conheca_158622.html

Delta transporta quase 60 milhões de passageiros em três meses

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/delta-transporta-quase-60
-milhoes-de-passageiros-em-tres-meses_158621.html

Gol anuncia voo direto entre Brasília e Buenos Aires

https://www.panrotas.com.br/aviacao/novas-rotas/2018/09/gol-anuncia
-voo-direto-entre-brasilia-e-buenos-aires_158616.html

Azul aumenta em 66% a oferta internacional em 2018; veja números

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/azul-aumenta-em-66-a-oferta
-internacional-em-2018-veja-numeros_158608.html

Turkish Airlines divulga nova cabine de classe executiva

https://www.panrotas.com.br/aviacao/investimentos/2018/09/turkish
-airlines-divulga-nova-cabine-de-classe-executiva_158602.html

Low costs no Brasil - parte 1: aéreas nacionais ficaram pra trás?

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/09/low-costs-no-brasil-parte
-1-aereas-nacionais-ficaram-pra-tras_158593.html

 

MERCADO E EVENTOS

Latam lança tarifas especiais para a nova rota Porto Alegre-Santiago

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/latam-lanca-tarifas-especiais
-para-a-nova-rota-porto-alegre-santiago/

Delta transporta quase 60 milhões de passageiros durante alta temporada

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/delta-transporta-recorde-de-60
-milhoes-de-passageiros/

Gol lança voos diretos entre Brasília e Buenos Aires a partir de dezembro

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/gol-lanca-voos-diretos-entre-brasilia
-e-buenos-aires-a-partir-de-dezembro/

Viracopos registra maior movimentação de passageiros em agosto
desde 2015

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/viracopos-registra-maior
-movimentacao-de-passageiros-em-agosto-desde-2015/

Copa Airlines inicia operações do 1° B737 MAX 9 no próximo dia 20

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/copa-airlines-apresentara
-seu-primeiro-b737-max-9-no-proximo-dia-18/

 

JORNAL DE TURISMO

Delta transporta número recorde de passageiros neste verão

https://www.jornaldeturismo.tur.br/aviacao/81476-delta-transporta-numero
-recorde-de-passageiros-neste-verao

 

VALOR

Azul pede ao Cade aval para acordo com Correios 

Por Juliano Basile | De Brasília 

A Azul Linhas Aéreas e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) pediram
formalmente ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aval para a criação de
uma joint venture das companhias, com foco no transporte de mercadorias. A concorrência, 

entretanto, já começa a apresentar objeções ao projeto. 

Em dezembro, a Azul e os Correios assinaram um memorando de entendimentos para a
criação da nova companhia, que pretende atender, principalmente, o varejo on-line. Segundo
dados divulgados na ocasião, com a união das cargas transportadas pelos dois sócios - 70 mil
toneladas dos Correios e 30 mil toneladas da Azul Cargo - a nova empresa movimentará
inicialmente 100 mil toneladas anuais. A companhia aérea terá 50,01% da sociedade e a
estatal, 49,99%.

A companhias alegam ao Cade que a união deve promover ganhos de eficiência que
beneficiarão as duas operações "viabilizando uma redução dos atuais custos dos Correios
com transporte, rentabilizando os porões dos aviões da Azul e, somado a isso, investindo em
um negócio promissor e eficiente que prestará serviços ao mercado em geral". 

Além disso, argumentam que o negócio deve ajudar os Correios a ampliar a abrangência dos
serviços expressos ofertados e reduzir o prazo de entrega em cidades já atendidas. "Ambas
as empresas deverão se beneficiar de dividendos gerados pela sociedade", afirma o texto
enviado pelo escritório Demarest Advogados a favor da aprovação do negócio. 

Por fim, as duas empresas afirmam que a operação "não resulta em qualquer tipo de
preocupação concorrencial no Brasil, uma vez que envolve apenas relações verticais, sem
qualquer potencial ou incentivos de fechamento de mercado". E ainda argumentaram ao Cade
que a fusão "não envolve qualquer concentração de mercado". 

Outras companhias que atuam no mercado brasileiro de logística, no entanto, não veem a
iniciativa da mesma forma e apresentaram à autarquia alegações de riscos à concorrência. 

A Ocean Air (Avianca) argumenta que o negócio "gera sobreposição real em todas as etapas
do transporte de encomendas e resultará em integração em todos os elos da cadeia, desde a
coleta até o pós-venda, ou seja, da primeira à última milha". No jargão do setor de logística,
última milha é a rota final de entrega de um produto ao consumidor. 

Na visão da Ocean Air, a operação resulta em integração vertical entre o transporte aéreo de
cargas pela Azul e a atividade de entrega expressa de pequenos pacotes pela ECT. Os
advogados dessa empresa, do escritório Tauil & Chequer, argumentam que a Azul terá "uma
vantagem comparativa significativa em relação aos demais concorrentes". 

Já a americana Fedex considera que a operação apresenta "um significativo grau de
complexidade e repercussões econômicas relevantes, visto que envolve dois dos maiores
grupos atuantes no transporte de carga e encomendas no Brasil". Em texto apresentado
formalmente pelo escritório Trench, Rossi e Watanabe, a Fedex acrescenta que pretende
analisar de forma cuidadosa a operação e eventualmente "apresentar informações relevantes
a respeito dos mercados".

As alegações da Azul e dos Correios, bem como das rivais, serão analisadas pelo órgão
antitruste. 

No segundo trimestre deste ano, a receita da Azul Cargo Express cresceu 64% em relação a
igual período de 2017. Sua participação de mercado aumentou quatro pontos percentuais no
intervalo, de 10% para 14%. Os dados constam da apresentação de resultados trimestrais
que a companhia aérea fez a investidores e analistas em agosto. 

 

Ambiente negativo, alta de dólar e petróleo derrubam Gol e Azul 

Por João José Oliveira | Valor 

SÃO PAULO  -  Em uma sessão marcada por quedas quase generalizadas na bolsa, com
61 dos 65 papéis integrantes do Ibovespa operando em queda e desvalorização do real ante
o dólar,, as ações das companhias aéreas também apresentam fortes perdas. 

Por volta das 16h15, a Azul cedia 4,13%, para R$ 22,05, enquanto a Gol tinha retração de
4,55%, para R$ 9,66. O Ibovespa apresentava variação negativa de 2,37%, recuando a
74.623 pontos. 

O dólar opera perto das máximas históricas, acima dos R$ 4,16, o que pressiona o balanço
das companhias aéreas, que têm cerca de metade dos custos atrelados à divisa americana,
além de impactar o endividamento. No caso da Gol, mais de 80% da dívida varia conforme o
dólar, enquanto na Azul esse impacto é menor, de 25%. 

A alta do dólar também afeta o preço dos combustíveis, uma vez que o petróleo é cotado na
moeda americana. O contrato do barril de petróleo sobe 2,5% em Nova York hoje, pressionado
pelo receio de que a passagem do furacão Florence pela costa leste dos Estados Unidos afete
a oferta da commodity. Esse insumo responde por mais de 30% do custo operacional das
companhias aéreas.


abear no facebook

abear no twitter

São Paulo

Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
04028-002 | Moema | São Paulo/SP
+ 55 11 2369-6007

Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160 - Edifício Orly, 8º andar, Sala 832
20020-080 | Centro | Rio de Janeiro/RJ
+ 55 21 2532-6126

Brasília

SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
70070-944 | | Brasília/DF
+ 55 61 3225-5215