Clipping

10/10/17

CLIPPING 10/10

JORNAL DO BRASIL

Infraero espera movimentação de 2 milhões de passageiros no feriado

http://www.jb.com.br/pais/noticias/2017/10/09/infraero-espera-movimentacao-de-2-milhoes
-de-passageiros-no-feriado/

 

FOLHA DE SÃO PAULO

Insolvente, companhia aérea alemã Air Berlin vai encerrar voos neste mês

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Os voos operados pela Air Berlin, a segunda maior companhia aérea da Alemanha, serão
encerrados no dia 28 de outubro, afirmou a empresa nesta segunda-feira (9), solicitando aos
funcionários que procurem emprego em outras empresas, enquanto trabalha na cisão de seus
ativos.

A Air Berlin se declarou insolvente em agosto deste ano, após seu principal acionista, a Etihad
Airways, dos Emirados Árabes Unidos, decidir não lhe conceder mais ajuda financeira por não
ver "perspectivas positivas".

Em 2016, a Air Berlin registrou um prejuízo de cerca de € 782 milhões, e as dívidas somam
quase € 1,2 bilhão.

Um empréstimo do governo alemão de cerca de € 150 milhões está mantendo os aviões da
companhia no ar para que a ela tenha tempo de negociar com investidores.

Lufthansa —que já arrendou 38 dos 140 aviões da Air Berlin— e easyJet demonstraram
interesse pelos ativos.

As conversas com Lufthansa e easyJet devem prosseguir até quinta-feira (12), e, uma vez que
cheguem a um acordo entre partes, a Air Berlin terá que encerrar o restante da operação.

O vice-ministro da economia da Alemanha, Matthias Machnig, disse que está confiante de que
um acordo será fechado na quinta.

"Após os contratos de compra serem firmados, a empresa deve encerrar suas operações passo
a passo", disse a Air Berlin em comunicado.

A maioria dos voos longos da companhia já foi cancelada.

A Air Berlin foi fundada em 1978 e cresceu com o boom das companhias aéreas de baixo
custo e com voos de Berlim a Maiorca, na Espanha —popular destino entre turistas alemães.

PELA EUROPA

Outras empresas aéreas europeias também passam por aperto.

No final de setembro, a Ryanair, companhia irlandesa de aviação de baixo custo, cancelou
voos que atenderiam a mais de 400 mil passageiros, no período entre novembro deste ano e
março, menos de duas semanas depois de cancelar cerca de 2,1 mil outros voos, que
atenderiam a 315 mil passageiros. A empresa enfrenta escassez de pilotos.

A companhia reduzirá em 25 aviões o número de aparelhos em operação, de sua frota de
 mais de 400 aeronaves, da metade de novembro a março, e depois de abril de 2018 a
redução das unidades operadas será de 10 aviões.

As mudanças anunciadas devem reduzir o volume de tráfego da empresa de 131 milhões para
129 milhões de passageiros neste ano, o que representa alta de 7,5% ante 2016, informou a
Ryanair.

A situação fez com que a irlandesa desistisse da proposta de aquisição da rival Alitalia, a
maior companhia aérea da Itália, que entrou com um pedido formal de indicação de um
administrador em maio.

O governo italiano anunciou à época que ofereceria um empréstimo para manter as operações
da Alitalia por pelo menos seis meses.

Se nenhum comprador for encontrado, os administradores vão ter que organizar a liquidação
da Alitalia, que pode acabar com 20 mil empregos na companhia e entre fornecedores.

No último dia 2, foi a vez da aérea britânica Monarch Airlines decretar falência, causando o
cancelamento de centenas de milhares de viagens, depois de ter sido vítima de grande
competição por voos e uma libra mais fraca.

O fracasso da Monarch, maior companhia aérea do Reino Unido a falir, afetará 900 mil
passageiros. A empresa abandonou mais de 100 mil turistas no exterior, causando o que foi
considerando como o maior esforço de repatriamento em tempos de paz do país. 

 

O ESTADO DE SÃO PAULO

Empresa aérea vai parar de voar e pede a funcionários para
procurar emprego

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,insolvente-air-berlin-vai-encerrar
-voos-este-mes,70002036042

Embraer vai remodelar seu jato mais popular em 2018

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,embraer-vai-remodelar
-seu-jato-mais-popular-em-2018,70002035941

 

CORREIO BRAZILIENSE

American Airlines modernizará frota e quer expandir negócios no Brasil

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2017/10/09/internas_economia
,632325/american-airlines-modernizara-frota-e-quer-expandir-negocios-no-brasil.shtml

 

AGÊNCIA BRASIL

Infraero espera movimentação de 2 milhões de passageiros no feriado

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2017-10/infraero-espera-movimentacao-de-2
-milhoes-de-passageiros-no-feriado

 

REVISTA ÉPOCA

Aeroporto de Fortaleza ganha hub de conexões

http://epoca.globo.com/Especial-Publicitario/Governo-do-Ceara/
noticia/2017/10/aeroporto-de-fortaleza-ganha-hub-de-conexoes.html

 

DCI

Tráfego de passageiros da Azul cresce 15% em setembro na
comparação anual

http://www.dci.com.br/servicos/trafego-de-passageiros-da-azul-cresce-15--em
-setembro-na-comparacao-anual-id656667.html

Insolvente, Air Berlin vai encerrar voos este mês

http://www.dci.com.br/servicos/insolvente,-air-berlin-vai-encerrar
-voos-este-mes-id656600.html

 

PANROTAS

Aeroporto de St. Maarten vai reabrir após furacões

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/10/aeroporto
-de-st-maarten-vai-reabrir-apos-furacoes_150357.html?lista

Lufthansa deve comprar Alitalia, segundo jornal

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/10/lufthansa
-deve-comprar-alitalia-segundo-jornal_150348.html?lista

Latam oferece bilhete integrado a trem na Alemanha

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/10/latam
-oferece-bilhete-integrado-a-trem-na-alemanha_150343.html?lista

Delta estreia Whatsapp grátis em voos internacionais

http://www.panrotas.com.br/viagens-corporativas/aviacao/2017/10/delta
-estreia-whatsapp-gratis-em-voos-internacionais_150338.html?lista

Delta passa a servir prosecco em voos internacionais

http://www.panrotas.com.br/viagens-corporativas/aviacao/2017/10/delta
-passa-a-servir-prosecco-em-voos-internacionais_150297.html?lista

Air Canada terá tarifas menores contra aéreas low cost

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/10/air-canada
-tera-tarifas-menores-contra-aereas-low-cost_150291.html?lista

 

MERCADO E EVENTOS

EasyJet lançará operações domésticas na Alemanha se fechar negócio
com airberlin

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/easyjet-lancara-operacoes-domesticas
-na-alemanha-se-fechar-negocio-com-airberlin/4

Azul acumula crescimento de 14,2% em tráfego e 10,8% de capacidade
em 2017

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/azul-acumula-crescimento-de-142-em
-trafego-e-108-de-capacidade-em-2017/

Aeroporto de St. Maarten reabre nesta terça-feira (10)

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/aeroporto-de-st
-maarten-reabre-dia-10-de-outubro/

Gol doará brinquedos “esquecidos” por passageiros para crianças

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/gol-doara-brinquedos-esquecidos
-por-passageiros-para-criancas/

Companhias low-cost transportaram 28,3% dos passageiros globais em 2016

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/companhias-low-cost-transportaram-283-dos
-passageiros-globais-em-2016/

Confira as companhias e alianças que mais embarcaram passageiros
em 2016

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/confira-as-companhias-e-aliancas-que
-mais-embarcaram-passageiros-em-2016/

Companhias aéreas transportam 3,8 bilhões de passageiros em 2016

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/companhias-aereas-transportam-38
-bilhoes-de-passageiros-em-2016/

Latam Brasil passa a comercializar passagens de trem na Alemanha

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/latam-brasil-passa-a-comercializar
-passagens-de-trem-na-alemanha/

Latam Travel lança 1ª campanha global com nova marca

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/agencias-e-operadoras/latam
-travel-lanca-1a-campanha-global-com-nova-marca/

 

JORNAL DE TURISMO

KLM comemora 98 anos e apresenta nova casinha Delft Blue

https://www.jornaldeturismo.tur.br/internacional/79594-klm-comemora-98-anos
-e-apresenta-nova-casinha-delft-blue.html

Aeroporto Internacional de St. Maarten reabre dia 1

https://www.jornaldeturismo.tur.br/aviacao/79586-aeroporto-internacional
-de-st-maarten-reabre-dia-1.html

 

VALOR

Gol faz acordos com aliança SkyTeam 

Por João José Oliveira | De São Paulo

A Gol, que até agora não fazia parte de nenhuma aliança global, negocia acordos com a
SkyTeam, a segunda maior do mundo e na qual estão Delta Air Lines, Air France e KLM, todas
sócias da empresa brasileira. O plano da Gol é aumentar a fatia da receita gerada por viajantes
internacionais no balanço da companhia. 

Um acordo já em fase de detalhamento é o que autoriza a Gol a usar a marca e o sistema
SkyPriority - serviço da SkyTeam por meio do qual passageiros de classe executiva e primeira
classe ou membros de programas de fidelidade com alta pontuação têm benefícios como
prioridade para embarque e desembarque, acesso a salas lounge e outras regalias.
"Poderemos usar o SkyPriority em nossos serviços e em nossas salas VIP", disse o
presidente da Gol, Paulo Kakinoff.

A Gol não faz parte de nenhuma aliança global. Segundo a direção da empresa, esse tipo de
associação faz sentido financeiro e comercial para companhias que têm uma parte relevante
da operação relacionada a voos internacionais de longa distância, como rotas transatlânticas e
transpacíficas - o que não é o caso da Gol, que tem apenas 12% da receita originada em voos
internacionais, e voa apenas para destinos na América do Sul e Caribe.

Mas as concorrentes da Gol integram alianças. A maior delas, a Star Alliance, fundada pela
alemã Lufthansa e pela americana United Airlines, tem a Avianca Brasil em seus quadros,
enquanto a vice-líder mundial, a OneWorld, liderada por American Airlines e British Airways,
conta com a Latam. 

No caso da Gol, a estratégia de oferecer conectividade mundial aos passageiros é apoiada
principalmente nas sócias, com as quais tem acordos de code-share (compartilhamento de
voos). A Delta Air Lines tem 9,5% do capital da Gol e a holding Air France-KLM, 1,5%. 

Além dessas, a Gol tem acordos de code-share com mais nove estrangeiras. Dessas, quatro
são integrantes da SkyTeam: Aerolíneas Argentinas, Aeromexico (na qual a Delta tem 49% do
capital), Alitalia e Korean Air. 

A aproximação da Gol cada vez maior com a SkyTeam é, então, um movimento natural, diz
Kakinoff. Mas ele descarta a adesão da Gol como associada plena. 

Uma alternativa seria uma adesão como associada filiada, por meio do qual pode participar de
ações comerciais e operacionais da aliança, mas sem arcar com os custos dos associados
plenos - como, por exemplo, rachar as despesas de salas VIP ao redor do mundo. 

O executivo disse que a Gol tem potencial para ampliar as vendas de bilhetes para rotas
internacionais explorando parcerias existentes. Kakinoff citou o grupo Air France-KLM, com o
qual compartilha um hub (terminal de conexão) em Fortaleza desde setembro. "Agora temos
uma estrutura que nos permite aumentar nossas vendas de 15% a 20%", disse ele. 

A mesma estratégia pode ser usada com a Delta Air Lines, disse Kakinoff, seja no mesmo hub
de Fortaleza, ou em outro aeroporto. 

O executivo disse que a Gol pode ainda desenvolver novas rotas em parceria com as aéreas
estrangeiras sócias. Ele citou o caso da rota entre Paris e Montevidéu, no Uruguai. 

A Air France tinha um voo conectando os dois destinos, que se mostrava pouco rentável. O
grupo francês decidiu transferir para a Gol a perna da rota entre São Paulo e Montevidéu,
mantendo assim a conectividade entre a França e o Uruguai por meio de um voo mais
rentável. "Temos várias oportunidades desse tipo", disse Kakinoff. 

Segundo ele, ano que vem esse modelo será ampliado porque a Gol receberá meia dúzia de
aviões Boeing 737 Max, com maior autonomia de voo - de até 6.500 km, em comparação aos
5.500 km dos atuais modelos em uso 737-800 NG. "Poderemos atender mais destinos não
 Caribe e mesmo nos Estados Unidos", disse o presidente da Gol. 

 

Air France-KLM replicará 'hub' com Gol, em Fortaleza, a mais destinos 

Por João José Oliveira | Valor

SÃO PAULO  -  O grupo franco-holandês Air France-KLM vai usar a Gol, na qual detém 1,5%
do capital, para aumentar o tráfego de passageiros entre a Europa e a América do Sul. O plano
é replicar para outros destinos o modelo compartilhado de "hub" — terminal de conexão —
lançado no mês passado em Fortaleza, projeto que foi desenhado, desde o início, e será
operado, de forma simultânea, com a empresa brasileira.

Segundo o vice-presidente mundial para vendas e alianças da holding europeia, Patrick
Alexandre, a americana Delta Air Lines — também sócia da Gol, dona de 9,5% do capital da
aérea brasileira — participa de conversas para se juntar a esse modelo de operação. 

Com iniciativas como essa, a Air France-KLM pode dobrar a atual  participação dos clientes
da Gol no volume de passageiros que o grupo franco-holandês transporta nas rotas entre
Europa e América do Sul, antes de estudar um aumento de participação acionária na
companhia aérea brasileira. “No momento não está em nosso radar [aumentar a participação
acionária na Gol]. Mas no longo prazo quem sabem? Pode vir a fazer sentido”, afirmou o
executivo.

Atualmente, as bandeiras Air France e KLM tem 34 voos semanais para o Brasil. Cerca de
25% dos passageiros que voam nas rotas que ligam Paris e Amsterdam a São Paulo e Rio
e Janeiro são clientes da Gol — brasileiros e estrangeiros que usam a aérea brasileira para
fazer conexões no território nacional como parte do roteiro na viagem. “Vamos elevar esse
percentual a 50%. Temos hoje frota, malha e conectividade para fazer isso ”, disse Patrick,
citando o recém-anunciado hub. 

A partir de maio de 2018, a capital cearense receberá cinco voos semanais da holding
franco-holandesa. Já a Gol vai ampliar a oferta de voos em 35% nesse destino — passando
a ter 51 voos diários para 10 destinos a partir da capital cearense —, para criar a malha aérea
para os passageiros que chegam ou parte de Fortaleza como ponto de conexão com a Europa.

Com esses voos, a Air France-KLM já garantiu para 2018 um aumento de pelo menos 10% na
oferta de assentos nas rotas entre Europa e Brasil, um incremento que parte já de uma
ampliação de 13% registrada em 2017 sobre 2016. “Esse modelo poderá ser replicado no
futuro”, afirmou o executivo, citando oportunidades em destinos como Brasília, Belo Horizonte
e Belém.

Segundo Patrick, a Air France-KLM vai ainda explorar outras modalidades de parcerias com
a Gol para oferecer mais destinos na América do Sul e Caribe aos turistas europeus. 

O vice-presidente mundial da Air France-KLM citou o modelo usado pela empresa na rota
Paris-Montevidéu, lançado este ano — o grupo franco-holandês traz os passageiros até São
Paulo, e, de lá, a Gol faz o trecho restante. “Podemos fazer isso com outros destinos que
não atendemos hoje porque não é rentável, mas que poderá fazer sentido econômico para a
Gol”, disse Patrick.

De acordo com ele, o grupo e a Gol negociam com a Delta Air Lines oportunidades de explorar
o mesmo modelo de hub compartilhado. Dessa forma, a Delta Air Lines poderia, por exemplo,
chegar também a Montevidéu, por meio de conexões fornecidas pela Gol. “Temos a Gol, a
Air France, a KLM, a Aeromexico, a Virgin. Podemos encontrar alternativas de aumentar a
conectividade com voos mais rentáveis”, afirmou, citando outras companhias aéreas que têm
participações acionárias cruzadas. “Temos um movimento de consolidação no mundo”, disse
Patrick, apontando que a Gol está inserida nesse processo.

Segundo o executivo, essas parcerias representam a resposta mais competitiva do grupo para
enfrentar uma concorrência crescente das companhias aéreas de baixo custo, de companhias
que surgiram como operadoras regionais, ganharam corpo e hoje começaram a fazer voos
transatlânticos. “A concorrência das low-costs [empresas aéreas de baixo custo e baixa tarifa]
são uma ameaça real. Por isso precisamos ter ganhos de eficiência. E nossas alianças com
Delta, Virgin, com a China Eastern e, com a Gol, permitem que tenhamos maior 

competitividade”, disse Patrick.

Em julho, a Air France-KLM anunciou a compra de 31% da Virgin Atlantic, do Group Virgin,
que pertence ao bilionário Richard Branson — na qual a Delta Air Lines já detém 49% do
capital. No mesmo acordo, a aérea americana e a China Eastern assumiram, cada uma, 10%
de participação da Air France-KLM. 

Patrick disse que há ainda oportunidades de ampliar a eficiência operacional no Brasil por
meio de ajustes pontuais. Como exemplo, ele disse que a Air France-KLM já negocia com o
aeroporto de Guarulhos a transferência das operações do grupo do Terminal 3 para o
Terminal 2, onde está a Gol. “Poderemos reduzir o tempo das conexões e melhorar o
atendimento aos passageiros, que terão conexões mais rápidas, eficientes e confortáveis”,
afirmou.

A Air France-KLM registrou no segundo trimestre deste ano um lucro líquido de 367 milhões
de euros, alta de 795% ante igual período de 2016. A receita avançou 6,3%, para 6,6 bilhões
euros. Em 2016, o lucro do grupo cresceu 545%, a 762 milhões de euros, graças ao petróleo
mais barato, insumo que responde por 30% dos custos operacionais do setor. Mas a receita
recuou 3,3%, para 24,8 bilhões de euros, embora a companhia tenha transportado 4% mais
pessoas, embarcando 93,4 milhões de passageiros. A frota é de 534 aeronaves.

 

Avianca Holdings negocia compra de empresa de serviços aeroportuários 

Por João José Oliveira | Valor

SÃO PAULO  -  A Avianca Holdings informou ao mercado por meio de comunicado que
negocia a aquisição da colombiana Servicios Aeroportuarios Integrados SAI SAS, uma
empresa de serviços aeroportuários.

A Servicios Aeroportuarios Integrados atua em aeroportos colombianos, como Armenia ,
Bogotá, Cali, Cartagena e Rionegro, fazendo serviços de manuseio de bagagens,
reabastecimento de aeronaves, fornecimento de alimentos e bebidas, entre outros. 

A companhia não deu mais detalhes sobre as negociações. 

A Avianca Holdings é controlada pelo grupo Synergy, dos irmãos Efromovich, que também 
são donos, no Brasil, da Avianca Brasil. Apesar de terem os mesmo controladores, essas
empresas são separadas formalmente. 

 

Transporte aéreo de passageiros avança em 2016, diz Iata 

Por João José Oliveira | Valor

SÃO PAULO  -  A Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata), que reúne as 275
maiores companhias aéreas do mundo, divulgou nesta segunda-feira (9) o relatório final do
desempenho da aviação comercial em 2016, revelando que 3,8 bilhões de passagens foram
vendidas, um crescimento de 7% na quantidade de passageiros embarcados em comparação
a 2015.

Das regiões analisadas, o pior desempenho foi o da América Latina, segundo a Iata, com
crescimento de 1,8% em 2016, ficando com 7% da aviação global. 

O crescimento da aviação de passageiros em 2016 foi puxado pelo mercado da Ásia-Pacífico,
onde o tráfego aumentou 11,3% ante 2015 e somou 1,3 bilhão de embarques. Essa região
respondeu por 35% do transporte aéreo ano passado. 

O segundo maior marcado é o da Europa, com 26% de participação, com expansão abaixo
da média de mercado, de 6,1% em 2016. A América do Norte cresceu 3%, também menos
que a média mundial, ficando com 24% do mercado mundial de aviação. 

Oriente Médio e África cresceram 9,1% e 6%, respectivamente, para participações de
mercado de 5% e 2%. 

As três maiores empresas aéreas do mundo por quantidade de passageiros atendidos são
todas dos Estados Unidos — Southwest Airlines, com 151,8 milhões de clientes embarcados,
American Airlines (144,2 milhões de passageiros) e Delta Air Lines (143,3 milhões). 

Na sequência aparecem na lista das cinco maiores a chinesa China Southern Airlines (114,5
 milhões) e a britânica Ryanair (112 milhões). 

Os americanos são os viajantes que mais usaram a aviação em 2016, somando 810 milhões
de embarques, representando 21% do mercado. 

 

 

 


abear no facebook

abear no twitter

São Paulo

Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
04028-002 | Moema | São Paulo/SP
+ 55 11 2369-6007

Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160 - Edifício Orly, 12º andar, Sala 1210
20020-080 | Centro | Rio de Janeiro/RJ
+ 55 21 2532-6126

Brasília

SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
70070-944 | | Brasília/DF
+ 55 61 3225-5215

(default) 12 queries took 0 ms
NrQueryErrorAffectedNum. rowsTook (ms)
1SELECT `Configuracao`.`id`, `Configuracao`.`tag_title`, `Configuracao`.`tag_keywords`, `Configuracao`.`tag_description`, `Configuracao`.`facebook`, `Configuracao`.`logo_file`, `Configuracao`.`logo_th_hidden`, `Configuracao`.`twitter`, `Configuracao`.`youtube`, `Configuracao`.`linkedin`, `Configuracao`.`google_analytics`, `Configuracao`.`email_destinatario`, `Configuracao`.`email_cc`, `Configuracao`.`email_remetente_host`, `Configuracao`.`email_remetente`, `Configuracao`.`email_remetente_senha` FROM `abear_2014`.`tb_configuracoes` AS `Configuracao` WHERE 1 = 1 LIMIT 1110
2SELECT `Endereco`.`id`, `Endereco`.`logradouro`, `Endereco`.`numero`, `Endereco`.`complemento`, `Endereco`.`bairro`, `Endereco`.`cep`, `Endereco`.`cidade`, `Endereco`.`estado`, `Endereco`.`telefone1`, `Endereco`.`telefone2`, `Endereco`.`fax`, `Endereco`.`email_rodape`, `Endereco`.`ativo`, `Endereco`.`ordem` FROM `abear_2014`.`tb_enderecos` AS `Endereco` WHERE 1 = 1 ORDER BY `Endereco`.`ordem` ASC330
3SELECT `Hotsite`.`id`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear_titulo_eng`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear_titulo_esp`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear`, `Hotsite`.`agencia_abear_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`agencia_abear_titulo_eng`, `Hotsite`.`agencia_abear_titulo_esp`, `Hotsite`.`agencia_abear`, `Hotsite`.`clube_abear_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`clube_abear_titulo_eng`, `Hotsite`.`clube_abear_titulo_esp`, `Hotsite`.`clube_abear`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor_titulo_eng`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor_titulo_esp`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos_titulo_eng`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos_titulo_esp`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos`, `Hotsite`.`asas_do_bem_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`asas_do_bem_titulo_eng`, `Hotsite`.`asas_do_bem_titulo_esp`, `Hotsite`.`asas_do_bem`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate_titulo_eng`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate_titulo_esp`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate`, `Hotsite`.`quero_voar_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`quero_voar_titulo_eng`, `Hotsite`.`quero_voar_titulo_esp`, `Hotsite`.`quero_voar`, `Hotsite`.`created`, `Hotsite`.`modified` FROM `abear_2014`.`tb_hotsites` AS `Hotsite` WHERE 1 = 1 ORDER BY `Hotsite`.`id` DESC LIMIT 1110
4SELECT `IntroCategoria`.`id` FROM `abear_2014`.`tb_intro_categoria` AS `IntroCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping' LIMIT 1000
5SELECT `Intro`.`id`, `Intro`.`texto_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_intro` AS `Intro` LEFT JOIN `abear_2014`.`tb_intro_categoria` AS `IntroCategoria` ON (`Intro`.`intro_categoria_id` = `IntroCategoria`.`id`) WHERE `intro_categoria_id` IS NULL AND `ativo` = '1' LIMIT 1000
6SELECT `VideoCategoria`.`id`, `VideoCategoria`.`nome_ptbr`, `VideoCategoria`.`nome_eng`, `VideoCategoria`.`nome_esp`, `VideoCategoria`.`url_amigavel_ptbr`, `VideoCategoria`.`url_amigavel_eng`, `VideoCategoria`.`url_amigavel_esp`, `VideoCategoria`.`created`, `VideoCategoria`.`modified` FROM `abear_2014`.`tb_video_categorias` AS `VideoCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping' LIMIT 1000
7SELECT `GaleriaCategoria`.`id`, `GaleriaCategoria`.`nome_ptbr`, `GaleriaCategoria`.`nome_eng`, `GaleriaCategoria`.`nome_esp`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_ptbr`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_eng`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_esp`, `GaleriaCategoria`.`created`, `GaleriaCategoria`.`modified` FROM `abear_2014`.`tb_galeria_categoria` AS `GaleriaCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping' LIMIT 1000
8SELECT `GaleriaCategoria`.`id`, `GaleriaCategoria`.`nome_ptbr`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_galeria_categoria` AS `GaleriaCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping-10-10' LIMIT 1000
9SELECT `Clipping`.`id`, `Clipping`.`titulo_ptbr`, `Clipping`.`texto_ptbr`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr`, `Clipping`.`data` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`ativo` = '1' AND `Clipping`.`titulo_ptbr` <> '' AND `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` = 'clipping-10-10' ORDER BY `Clipping`.`data` DESC LIMIT 1110
10SELECT `Clipping`.`id`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` <> '' AND `Clipping`.`id` <> 330 AND `Clipping`.`id` < 330 ORDER BY `Clipping`.`id` DESC LIMIT 1110
11SELECT `Clipping`.`id`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` <> '' AND `Clipping`.`id` <> 330 AND `Clipping`.`id` >= 329 AND `Clipping`.`id` != 330 ORDER BY `Clipping`.`id` ASC LIMIT 2220
12SELECT `Clipping`.`titulo_ptbr`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`id` <> 330 AND `Clipping`.`ativo` = '1' AND `Clipping`.`titulo_ptbr` <> '' ORDER BY `Clipping`.`data` DESC LIMIT 1010100