Clipping

09/11/18

CLIPPING 09/11/2018

JORNAL DO BRASIL

Lucro líquido da Azul cai 41,5% e atinge R$ 116,6 milhões no 3º trimestre

https://www.jb.com.br/economia/2018/11/955175-lucro-liquido-da-azul-cai-41-5-e-atinge
-r-116-6-milhoes-no-3-trimestre.html

 

FOLHA DE SÃO PAULO

Greve na Aerolíneas Argentinas afeta 30 mil passageiros

Sylvia Colombo

BUENOS AIRES

Uma paralisação de sindicatos que atuam na área de transporte aéreo fez com que a
companhia Aerolíneas Argentinas cancelasse 243 voos nesta quinta-feira (8), entre nacionais
e internacionais (incluindo alguns destinos no Brasil), afetando 30 mil passageiros.

A greve foi encerrada às 17h30 (18h30 em Brasília), sem anúncios de negociações da
companhia com os sindicatos. A Aerolíneas informou que já está reacomodando os
passageiros que estão desde a manhã esperando para voar e estima que em três horas o
serviço estará normalizado.

Centenas de pessoas se acumularam durante o dia nos salões de check-in dos aeroportos 

Jorge Newbery (Aeroparque) e Ezeiza, ambos em Buenos Aires.

A empresa anunciou que o cancelamento dos voos foi necessário por conta de uma greve de
pilotos, controladores de voo e pessoal de terra.

Em tom de emergência, a companhia pediu dinheiro extra ao Estado, como vem fazendo nos
últimos meses. O presidente argentino, Mauricio Macri, porém, perdeu a paciência. Num
discurso de inauguração de uma obra na Província de Buenos Aires, afirmou que não era
possível que o Estado tivesse que "colocar dinheiro extra todo mês na empresa" e que esta,
desde que voltou a ser estatal, tem sido sustentada por subsídios e ajudas extras.

O presidente acrescentou que a volatilidade da moeda (que se desvalorizou 55% desde abril)
e o preço do petróleo vêm aumentando a necessidade de financiar ainda mais a empresa.
"Não é justo que 95% da Argentina pare para que a Aerolíneas funcione. No mês passado,
o auxílio extra foi de 1 bilhão de pesos, não podemos exigir mais sacrifícios ao contribuinte."

Macri pediu que a empresa se reúna com urgência com os sindicatos e que negocie uma
solução. Os trabalhadores pedem um reajuste de salários acima do estabelecido na
negociação paritária, realizada quando a inflação estava a 15% —agora está em quase
30%, com expectativa de fechar o ano em 50%.

 

Uruguai inaugura embarque em voo por reconhecimento facial

Clara Balbi

SÃO PAULO

Viajantes da Latam que passarem pelo Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu,
no Uruguai, poderão dispensar a apresentação de documentos na hora do embarque.

Desde 26 de outubro, sistemas de reconhecimento facial substituem comissários na checagem
de identidades na porta do avião.

O passageiro, porém, não deve deixar o passaporte ou RG em casa: ele ainda é necessário.
A diferença é que agora é preciso apresentá-lo apenas uma vez, durante a imigração. Depois,
já no portão, o sistema compara o rosto do passageiro com sua foto do documento de
identidade e libera sua entrada na aeronave.

Baseada no reconhecimento de uma característica física intransferível das pessoas, como a
impressão digital, ou o rosto, o uso de biometria pode dobrar o número de passageiros
embarcados por minuto segundo a Latam.

Essa é a primeira vez que a tecnologia é usada para embarque no continente. Ao redor do
mundo, porém, algumas iniciativas antecipam um futuro em que viajar de avião dispensará
documentos.

No dia 1º de dezembro, a Delta Airlines estreia no aeroporto de Atlanta o primeiro terminal
100% biométrico dos Estados Unidos. Nele, sistemas de reconhecimento facial permitirão
aos viajantes ir da entrada do aeroporto ao portão de embarque sem apresentar nenhum
documento, incluindo a travessia por postos de imigração e de segurança.

O “corredor inteligente” da Emirates tem ares ainda mais futuristas. Em teste no aeroporto de
Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, desde 10 de outubro, mas sem data de abertura
prevista, ele consiste em um túnel com sensores de reconhecimento de rosto e de íris e
substitui a burocracia de imigração.? ?

Na China, a tecnologia já é realidade. O aeroporto de Hongqiao, em Xangai, inaugurou em
outubro o primeiro sistema de biometria completamente automatizado do país, também do
check-in ao embarque.

Embora prático, o sistema esbarra na falta de informações claras sobre o uso posterior dos
dados privados cedidos pelos passageiros (no caso, seu rosto ou impressão digital). E
representa mais um passo em direção à automação do trabalho.

No Brasil, seguindo a tendência mundial, máquinas de autoatendimento já substituíram
muitas etapas antes realizadas por funcionários das companhias aéreas.

A Gol implementou em 2017 um check-in via reconhecimento facial, em que o passageiro
confirma a viagem através de um selfie no celular. Em setembro deste ano, foi a vez do
despacho de malas ser automatizado pela companhia.

Ainda não há, no entanto, iniciativas para implementação de embarque (ou outras etapas)
por biometria no país. À Folha a Latam disse estar trabalhando na possibilidade junto às
autoridades aeroportuárias brasileiras.

 

O ESTADO DE SÃO PAULO

Azul tem lucro líquido de R$ 116,6 mi no 3º tri, 41,5% menor que em 2017

https://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,azul-tem-lucro-liquido-de-r-116-6-mi-no
-3-tri-41-5-menor-que-em-2017,70002594757

 

CORREIO BRAZILIENSE

Correio vence Prêmio ABEAR, com reportagem sobre sustentabilidade

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2018/11/07/interna-brasil,718180/
correio-vence-premio-abear-com-reportagem-sobre-sustentabilidade.shtml

 

O ESTADO DE MINAS

Protesto por aumento salarial cancela ao menos 150 voos na Argentina

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/11/08/internas_economia,1004237/
protesto-por-aumento-salarial-cancela-ao-menos-150-voos-na-argentina.shtml

 

G1

Nova pista do aeroporto de Vitória é aberta para pouso e decolagem

https://g1.globo.com/es/espirito-santo/noticia/2018/11/08/pista-nova-do-aeroporto-de
-vitoria-e-aberta-para-pouso-e-decolagem.ghtml

 

DCI

Copa Airlines compartilhará com brasileira

https://www.dci.com.br/servicos/copa-airlines-compartilhara-com-brasileira-1.757070

Despesas da Azul têm alta de 29,7%

https://www.dci.com.br/servicos/despesas-da-azul-tem-alta-de-29-7-1.757071

Lucro líquido da Azul cai 41,5% e atinge R$ 116,6 milhões no 3º trimestre

https://www.dci.com.br/servicos/lucro-liquido-da-azul-cai-41-5-e-atinge-r-116-6-milh-es-no
-3-trimestre-1.756822

 

PANROTAS

Skyteam reúne TMCs e sugere acordos globais; veja fotos

https://www.panrotas.com.br/viagens-corporativas/eventos/2018/11/skyteam
-reune-tmcs-e-sugere-acordos-globais-veja-fotos_160208.html

Gol voará de Guarulhos para Bonito (MS) em 2019

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/11/gol-voara
-de-guarulhos-para-bonito-ms-em-2019_160204.html

Fórum da Alta discute conectividade na América Latina

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/11/forum-da-alta
-discute-conectividade-na-america-latina_160201.html

Low cost Level terá voos de Barcelona a Santiago e Nova York

https://www.panrotas.com.br/aviacao/novas-rotas/2018/11/low-cost-level-tera
-voos-de-barcelona-a-santiago-e-nova-york_160205.html

AF-KLM dá desconto em serviço de helicóptero em São Paulo

https://www.panrotas.com.br/aviacao/parcerias/2018/11/af-klm-da-desconto
-em-servico-de-helicoptero-em-sao-paulo_160199.html

Boeing diz que sensor pode ter causado acidente na Indonésia

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/11/boeing-diz-que-sensor
-pode-ter-causado-acidente-na-indonesia_160192.html

Azul registra receita de US$ 2,4 bi no terceiro trimestre

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/11/azul-registra
-receita-de-us-24-bi-no-terceiro-trimestre_160188.html

Norwegian lança recurso com tarifas premium mais baratas

https://www.panrotas.com.br/aviacao/tecnologia/2018/11/norwegian-lanca
-recurso-com-tarifas-premium-mais-baratas_160174.html

Alérgicos a nozes terão embarque antecipado na American

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/11/alergicos-a-nozes
-terao-embarque-antecipado-na-american_160178.html

Azul e Copa Airlines anunciam acordo de codeshare

https://www.panrotas.com.br/aviacao/parcerias/2018/11/azul-e-copa
-airlines-anunciam-acordo-de-codeshare_160184.html

Azul adiciona receita vencedora do Comida di Buteco no menu

https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2018/11/azul-adiciona-receita
-vencedora-do-comida-di-buteco-no-menu_160176.html

Witzel promete reduzir ainda mais o ICMS de aviação do Rio

https://www.panrotas.com.br/aviacao/parcerias/2018/11/witzel-promete-reduzir
-ainda-mais-o-icms-de-aviacao-do-rio_160183.html

 

MERCADO E EVENTOS

Aerolíneas Argentinas recebe propostas para substituir Embraer E190s

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/aerolineas-argentinas-recebe
-propostas-para-substituir-embraer-e190s/

Iberia foca na América Latina para expandir malha aérea

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/iberia-foca-na
-america-latina-para-expandir-malha-aerea/

CEO da Emirates volta a descartar rumores sobre fusão com Etihad Airways

https://www.mercadoeeventos.com.br/_destaque_/slideshow/ceo-da-emirates-volta-a
-descartar-rumores-sobre-fusao-com-etihad-airways/

Air France-KLM fecha parceria com empresa de helicópteros em São Paulo

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/air-france-klm-fecha-parceria-com
-empresa-de-helicopteros-em-sao-paulo/

Skyteam apresenta nova campanha e busca ampliar acordos comerciais
globais; veja fotos

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/skyteam-busca-ampliar-acordos
-comerciais-globais/

Turkish Airlines registra lucro de US$ 1 bilhão no terceiro trimestre

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/turkish-airlines-registra-lucro
-de-us-1-bilhao-no-terceiro-trimestre/

Star Alliance cria campanha para orientar sobre seu Serviço de Conexões

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/star-alliance-cria-campanha-para
-orientar-sobre-seu-servico-de-conexoes

Air Astana lançará nova low-cost asiática em 2019

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/air-astana
-lancara-nova-low-cost-asiatica-em-2019/

Azul anuncia receita recorde de R$ 2,4 bilhões no 3T18; lucro
chega a R$ 117 mi

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/azul-anuncia-receita
-recorde-de-r24-bilhoes-no-3t18/

Azul e Copa Airlines anunciam acordo de codeshare envolvendo
181 destinos; fotos

https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/azul-e-copa-airlines-anunciam
-novo-acordo-de-cordeshare/

 

VALOR

Azul firma acordo de compartilhamento de códigos com a Copa Airlines

Por Ivan Ryngelblum | Valor

SÃO PAULO  -  A Azul anunciou nesta quinta-feira (8) que fechou um acordo de código
compartilhado com a Copa Airlines. O negócio permitirá aos clientes da aérea brasileira viajar
nos 80 destinos operados pela empresa panamenha em 32 países das Américas do Norte,
Sul, Central e o Caribe. Ao mesmo tempo, os passageiros da panamenha poderão voar pelos
100 destinos da Azul no Brasil.

A parceria permitirá aos clientes das duas empresas comprar um único bilhete para toda a
viagem e despachar sua bagagem para o destino final. A Azul adicionará seu código aos
voos da Copa Airlines que partem e chegam do Panamá, permitindo aos clientes da empresa
no Brasil fazer conexão, através do Centro de Conexões das Américas na Cidade do Panamá.

As empresas também fecharam um acordo entre seus programas de fidelidade. Os clientes
do TudoAzul, da Azul, e da ConnectMiles, da Copa Airlines, poderão acumular milhas quando
voarem por qualquer uma das empresas.

“Esse acordo entre a Azul e a Copa Airlines é uma combinação perfeita que oferece incríveis
benefícios para quem chega ao Brasil pelo Panamá”, afirmou, em nota, o vice-presidente de
receitas da Azul, Abhi Shah. “Esse acordo reúne duas das empresas aéreas mais pontuais
do mundo. A Copa Airlines é a mais pontual da América Latina, enquanto a Azul é a mais
pontual do Brasil. Isso assegura a melhor experiência aos clientes que estão voando
conosco.”

O acordo ainda precisa ser aprovado pelas autoridades regulatórias. A Azul não informou
uma previsão para que isto aconteça.

 

Multiplus diz ainda não ter data definida para integração com Latam

Por Cibelle Bouças | Valor

SÃO PAULO  -  O presidente da Multiplus, Roberto Medeiros, disse nesta quinta-feira, em
teleconferência para analistas e investidores, que ainda não há uma data definida para
integração da empresa de programas de fidelidade com sua controladora Latam Airlines
Group. Em setembro, a Latam anunciou que não vai renovar o contrato com a Multiplus, que
venceria em 2024, e vai fechar seu capital.

A Latam informou que vai oferecer R$ 27,22 por ação, preço médio ponderado pelo volume
de dividendos da Multiplus nos últimos 90 pregões, antes do anúncio. No fim de outubro, a
Multiplus divulgou que o laudo de avaliação elaborado pelo Credit Suisse propunha o
pagamento de R$ 15,99 por ação ordinária na operação. O banco foi contratado pela Latam
para atuar como assessor financeiro e avaliador da oferta pública de ações (OPA) para o
fechamento do capital da Multiplus.

“A oferta pública para fechamento de capital é uma decisão da Latam e o processo é
conduzido por ela. Estamos seguindo todo o ritual exigido no processo de fechamento de
capital. Neste momento, não tenho uma data precisa de quando a integração será feita”,
afirmou Medeiros.

A Latam segue a tendência adotada por outras companhias aéreas no mundo de reintegrar
em sua operação o negócio de programa de fidelidade. O objetivo é reduzir custos e melhorar
as margens de operação das companhias aéreas, no momento em que as empresas sofrem
com o aumento de concorrência no segmento de programas de fidelidade, devido à entrada
de novos competidores.

No terceiro trimestre, a Multiplus registrou queda de 60% no lucro, para R$ 64,9 milhões. A
receita líquida caiu 33%, para R$ 123,3 milhões. Do montante de pontos resgatados, a
Multiplus informou que os pontos de passagens aéreas representaram 86% do total.

Em teleconferência para analistas, o executivo destacou a ampliação de parcerias com outras
empresas. No terceiro trimestre, a Multiplus ampliou o acordo com a Easy Live, para venda
de ingressos e acúmulo de pontos, e anunciou uma parceria com o Magazine Luiza, que vai
permitir aos participantes do programa de fidelidade acumular e resgatar pontos fazendo
compras na varejista. A companhia também fechou acordo com a Amaro, comércio
eletrônico de moda.

O executivo disse que 28% dos pontos foram emitidos por fontes não aéreas e não
financeiras. Em relação aos bancos, a companhia destacou a redução permanente do limite
mínimo de transferência de pontos do Itaú para a Multiplus, para cinco mil pontos, e dos
cartões Caixa para quatro mil pontos, em caráter promocional.


abear no facebook

abear no twitter

São Paulo

Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
04028-002 | Moema | São Paulo/SP
+ 55 11 2369-6007

Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160 - Edifício Orly, 8º andar, Sala 832
20020-080 | Centro | Rio de Janeiro/RJ
+ 55 21 2532-6126

Brasília

SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
70070-944 | | Brasília/DF
+ 55 61 3225-5215