Clipping

24/05/17

CLIPPING 24/05

JORNAL DO BRASIL

Aviação doméstica registra alta em abril, segunda consecutiva no ano

http://www.jb.com.br/economia/noticias/2017/05/23/aviacao-domestica-registra-alta-em
-abril-segunda-consecutiva-no-ano/]

Jornal do Brasil - Notícias, Vídeos e Fotos em Tempo Real

www.jb.com.br

Notícias online e conteúdo de Esportes, Rio de Janeiro, Cultura, Saúde, Ciência, Tecnologia, Economia, Trânsito, Educação, Mundo, País, Tempo real, Tempo, Brasil

 

 

FOLHA DE SÃO PAULO

Companhia aérea japonesa aceitará pagamento de passagem em bitcoin

LEO LEWIS

DO "FINANCIAL TIMES", EM TÓQUIO

A Peach Aviation, companhia aérea econômica japonesa especializada em voos para o nordeste
da Ásia, se tornará a primeira empresa aérea do país a permitir que passageiros paguem
passagens usando diretamente a moeda virtual bitcoin.

A Peach está tentando explorar a onda ainda crescente de turistas que chegam ao Japão vindos
da China e da Coreia do Sul, e o fascínio pelo bitcoin em seu país, que deu origem a uma série
de jogadas de marketing.

O anúncio acontece após mudanças na regulamentação anunciadas pelo Japão no começo do
ano com o objetivo de legitimar a moeda digital como meio de pagamento e abrir caminho a
investimentos mais amplos em tecnologia e inovação financeira –pelo menos é isso que espera o
governo.

O reconhecimento formal do bitcoin pelo país também representa um primeiro passo necessário
nos esforços para controlar algo que costuma ser associado a lavagem de dinheiro e outros
crimes, de acordo com analistas do fenômeno bitcoin.

A moeda digital é aceita há anos como meio de pagamento pela AirBaltic, companhia de aviação
econômica da Lituânia, e pela companhia polonesa de aviação Lot.

No entanto, os planos de alguns grupos de varejo e agências de viagens online para aceitar a
moeda virtual em muitos casos foram suspensos ou abandonados logo depois de serem
anunciados.

A decisão do presidente-executivo Shinichi Inoue, da Peach, torna sua empresa parte do grupo
de cerca de 5.000 negócios japoneses que aceitam a moeda digital por meio de sistemas de
pagamento digital e se posicionam como fortemente atraentes para os turistas chineses, que
costumam gastar muito em suas viagens.

A decisão de aceitar o bitcoin tem o objetivo de atrair especialmente os clientes chineses mais
jovens da Peach –um grupo que a empresa vê como acostumado ao uso do bitcoin e sensível
quanto aos movimentos das moedas tradicionais. A empresa disse que esperava promover o
uso do bitcoin por meio de parcerias com empresas e governos locais.

"Queremos encorajar o turismo internacional e a revitalização das regiões do Japão", disse Inoue,
cuja empresa oferece rotas entre uma dúzia de aeroportos regionais japoneses e cerca de sete
destinos asiáticos.

A Peach é controlada pela ANA, a maior companhia de aviação do Japão, que elevou sua
participação acionária na empresa a mais de 66% este ano.

A despeito de diversos anos de esforço, a penetração da Peach e das demais companhias
japonesas de aviação de baixo custo continua bem abaixo da média de 20% a 30% do mercado
detida pelas empresas europeias semelhantes.

A regulamentação do bitcoin pelo governo japonês inclui um novo sistema de licenciamento para
bolsas e empresas de transferência de fundos que operam com bitcoins. Isso é visto como um
dos fatores por trás de diversas altas de preços que elevaram a cotação de um bitcoin a mais

de US$ 2.100.

A empolgação pode desaparecer rapidamente, dizem operadores de bolsas da moeda digital,
se as autoridades usarem a regulamentação para elevar o custo das transações em bitcoins.

 

CORREIO BRAZILIENSE

Demanda por voos domésticos cresce 3,2% em abril, revela Abear

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2017/05/23/internas
_economia,597134/demanda-por-voos-domesticos-cresce-3-2-em-abril-revela-abear.shtml

 

O ESTADO DE MINAS

Demanda por voos domésticos cresce 3,2% em abril, revela Abear

http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/05/23/internas_economia,871121/
demanda-por-voos-domesticos-cresce-3-2-em-abril-revela-abear.shtml

 

G1

Aeroporto de Vitória amanhece fechado para pouso e decolagem

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/aeroporto-de-vitoria-amanhece-fechado
-para-pouso-e-decolagem.ghtml

Demanda por voos no Brasil sobe 3,2% em abril, mas ritmo desacalera
ante março

http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/demanda-por-voos-no-brasil-sobe-32-em
-abril-mas-ritmo-desacalera-ante-marco.ghtml

 

DCI

Aéreas mantêm retomada lenta com segunda alta consecutiva de 3,2%

http://www.dci.com.br/servicos/aereas-mantem-retomada-lenta--com-segunda-alta
-consecutiva-de-3,2---id627090.html

Demanda por voos domésticos cresce 3,2% em abril, revela Abear

http://www.dci.com.br/economia/demanda-por-voos-domesticos-cresce-3,2--em-abril
,-revela-abear-id626881.html

Demanda por voos no Brasil sobe 3,2% em abril, mas ritmo desacalera
ante março

http://www.dci.com.br/servicos/demanda-por-voos-no-brasil-sobe-3,2--em-abril,-mas-ritmo
-desacalera-ante-marco-id626882.html

 

PANROTAS

Aviação doméstica registra 2º mês de alta; Gol lidera

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/05/aviacao
-domestica-registra-2o-mes-de-alta-gol-lidera_146710.html?lista

Ryanair irá vender voos da Air Europa em seu site

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/05/
ryanair-ira-vender-voos-da-air-europa-em-seu-site_146705.html?lista

Boeing 737 Max 8 começa a ser usado comercialmente

http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2017/05/boeing
-737-max-8-comeca-a-ser-usado-comercialmente_146704.html?lista

 

MERCADO E EVENTOS

Veja fotos dos homenageados pela Star Alliance

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/veja-fotos
-dos-homenageados-pela-star-alliance/

Delta utiliza programa para melhorar relacionamento com passageiros

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/delta-utiliza-programa-para-melhorar
-relacionamento-com-passageiros/

Aviação doméstica volta a crescer em abril; veja os dados

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/aviacao-domestica
-volta-a-crescer-em-abril-veja-os-dados/

Rota Pequim e Xangai será operada apenas com A380, afirma Emirates

http://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/rota-pequim-e-xangai-sera-operada
-apenas-com-a-380-afirma-emirates/

 

JORNAL DE TURISMO

Ryanair vai vender voos da Air Europa em seu site

http://www.jornaldeturismo.tur.br/destaque/78355-ryanair-vai
-vender-voos-da-air-europa-em-seu-site

Prefeito João Doria Jr. recebe executivos da Air Europa em SP

http://www.jornaldeturismo.tur.br/governo/78348-prefeito-joao-doria-jr-recebe
-executivos-da-air-europa-em-sp

Azul oferece snacks no aeroporto de Porto Alegre

http://www.jornaldeturismo.tur.br/destaque/78343-azul-oferece
-snacks-no-aeroporto-de-porto-alegre

Até o fim do ano, Brasil deve receber mais voos dos EUA

http://www.jornaldeturismo.tur.br/destaque/78342-ate-o-fim-do-ano-brasil
-deve-receber-mais-voos-dos-eua

 

VALOR

Odebrecht sai do Galeão e pede aval da Anac para venda à HNA

Por Daniel Rittner | De Brasília

A Odebrecht Transport, braço de infraestrutura e mobilidade urbana da Odebrecht, está a um
passo de vender sua fatia acionária no aeroporto do Galeão (RJ).

Um acordo de exclusividade foi acertado com o grupo chinês HNA e o pedido de mudança
societária deve ser apresentado hoje à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Não há prazo
definido para análise do órgão regulador, mas os investidores esperam um sinal verde entre 60
e 90 dias.

Os chineses vão assumir o controle do aeroporto, que foi privatizado pela ex-presidente Dilma
Rousseff no fim de 2013. A Odebrecht liderava um consórcio montado com a operadora Changi,
de Cingapura, e sagrou-se vencedora da disputa com um lance de R$ 19 bilhões. Menos de
quatro anos, ela vai sair do negócio, no qual tem 60% de participação.

Se não houver alterações na reta final das conversas, a HNA deverá ficar com 51% da parte
privada da concessionária Rio Galeão, que administra o aeroporto carioca. A companhia de
Cingapura ampliaria sua fatia para 49% - hoje ela tem 40%.

Com isso, há uma expectativa de avanço na obtenção do empréstimo de longo prazo prometido
pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O financiamento nunca
saiu por causa dos problemas da Odebrecht com as investigações da Operação Lava-Jato.

Autoridades da Anac, da Secretaria Nacional de Aviação Civil e da Infraero receberam ontem a

visita do presidente da Rio Galeão, Luiz Rocha, e tiveram a informação de que o negócio estaria
praticamente fechado. A Odebrecht Transport ponderou ao Valor, no entanto, que as negociações
não foram concluídas e disse que o pedido à agência reguladora  significa uma espécie de
convalidação das tratativas com a potencial compradora.

O valor em negociação ainda é mantido em sigilo, mas a HNA deve capitalizar a concessionária
e permitir que haja uma antecipação no pagamento de outorga. Além de ter quitado uma parcela
atrasada de quase R$ 1 bilhão no início de abril, a Rio Galeão pretende desembolsar mais
R$ 3,5 bilhões para honrar com antecedência suas prestações anuais de outorga referentes
a 2017, 2018, 2019 e parte da referente a 2020.

Seguindo o modelo estabelecido pela ex-presidente Dilma para as duas primeiras rodadas de
concessões de aeroportos, a parte privada ficou com 51% do Galeão e a Infraero manteve 49%
de presença. O governo do presidente Michel Temer cogitou vender a participação acionária da
estatal nos terminais privatizados, mas deixou o plano temporariamente congelado, à espera de
uma melhoria do mercado para valorizar seus ativos. Agora, com o agravamento da crise política,
a venda dificilmente será levada adiante.

Mesmo com a crise, porém, uma medida provisória assinada por Temer anteontem ajuda na
viabilização do negócio. Recém-encaminhada ao Congresso Nacional, a MP 779 estabelece
critérios para a celebração de aditivos contratuais relativos às outorgas nas concessões de
aeroportos.

Uma portaria do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil já havia permitido a
reprogramação dos pagamentos. As concessionárias ficaram autorizadas a antecipar prestações
e deduzir esse adiantamento de parcelas futuras. Trata-se de uma solução especialmente
interessante para o aeroporto do Rio de Janeiro, que poderia pagar esse montante com a injeção
de capital pelos novos sócios.

Para a Anac, contudo, havia necessidade de maior guarida jurídica às alterações contratuais para
evitar problemas futuros com o Tribunal de Contas da União (TCU). Por isso, o governo incluiu
uma emenda na MP 752, mas esse trecho foi rejeitado em votação na Câmara dos Deputados.
Na tentativa de dirimir dúvidas, o Palácio do Planalto preferiu editar uma nova medida provisória.

 

Demanda aérea cresce pelo segundo mês seguido

Por João José Oliveira | De São Paulo

A demanda no transporte aéreo doméstico brasileiro medida em passageiros-quilômetros
transportados (RPK, na sigla em inglês) cresceu 3,2% em abril deste ano ante igual mês de
2016, segundo informou ontem a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que
representa Gol, Latam, Azul e Avianca. Em número de pessoas embarcadas, o aumento foi de
2,8%, para 6,9 milhões passageiros.

Na mesma base de comparação, a oferta, apurada em assentos-quilômetros disponíveis (ASK),
subiu 2%. Assim, a taxa de ocupação aumentou 0,93 ponto percentual, para 80,23%.

É o segundo mês seguido em que a aviação doméstica tem aumento de demanda, após ficar
19 meses consecutivos em retração. Com o incremento em abril - após o avanço de 5,9% em
março -, o setor passou a acumular variação positiva de 0,52% no ano.

"Os números devem ser vistos com ressalvas. Em base mensal, o ritmo de evolução da procura
por voos caiu à metade do avanço de 5,9% registrado em março. Além disso, o crescimento
atual se dá sobre o menor nível absoluto de demanda [abril de 2016] em 50 meses", disse o
presidente da entidade, Eduardo Sanovicz.

Sobre eventos recentes que afetam a volatilidade cambial, como o agravamento da crise política
no Brasil, após a delação dos controladores da JBS que atingiu o presidente Michel Temer, e o
atentato terrorista em Manchester, na Inglaterra, a Abear observou que "não há qualquer
parâmetro que nos permita comentar impactos de fatos tão recentes e de repercussão tão
difusa".

Em abril, a Gol ficou com 35,3% da demanda doméstica, ante 33,9% um ano antes. A Latam
perdeu mercado, respondendo por uma fatia de 33% (tinha 36,8% em abril de 2016). A Azul
elevou sua participação de 17,5% para 18,9%, enquanto a Avianca ganhou um ponto percentual,
atingindo 12,8% do mercado.

Em taxa de ocupação, todas as empresas melhoraram o indicador. A Avianca teve o melhor
desempenho em abril, com um percentual de aproveitamento de 84,4% (ante 82,1% um ano
antes). A Latam registrou 80,1 de taxa de ocupação em abril deste ano (tinha 81,9% um ano
antes); a Azul apurou 79,8% (ante 78,7%) e a Gol, 79,2% (ante 76%).

Já a demanda pelo transporte aéreo internacional apurada pelas quatro companhias aéreas
brasileiras cresceu 17,37% no mês passado ante mesmo período de 2016. As quatro empresas
transportaram em abril 6,9 milhões de pessoas, ou 2,8% mais que um ano antes. Na mesma
base de comparação, a oferta aumentou 11,9% e a taxa de ocupação subiu quatro pontos
percentuais para 85,3%.

A Latam liderou o mercado internacional de transporte de passageiros entre as quatro
empresas nacionais, detendo em abril 77,6% da demanda, ante 80,3% um ano antes. A Gol

 ficou com 11,2% (12,7% há um ano); a Azul ficou com 11,1% (tinha 7%) e a Avianca deteve
0,1%, mantendo-se estável.

No segmento de cargas, as quatro aéreas registraram em abril uma retração de 8,2% na
carga paga transportada nas rotas domésticas ante igual mês de 2016. Nos voos internacionais,
esse indicador cresceu 3,5%.

 

 


abear no facebook

abear no twitter

São Paulo

Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
04028-002 | Moema | São Paulo/SP
+ 55 11 2369-6007

Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160 - Edifício Orly, 12º andar, Sala 1210
20020-080 | Centro | Rio de Janeiro/RJ
+ 55 21 2532-6126

Brasília

SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
70070-944 | | Brasília/DF
+ 55 61 3225-5215

(default) 11 queries took 0 ms
NrQueryErrorAffectedNum. rowsTook (ms)
1SELECT `Configuracao`.`id`, `Configuracao`.`tag_title`, `Configuracao`.`tag_keywords`, `Configuracao`.`tag_description`, `Configuracao`.`facebook`, `Configuracao`.`logo_file`, `Configuracao`.`logo_th_hidden`, `Configuracao`.`twitter`, `Configuracao`.`youtube`, `Configuracao`.`linkedin`, `Configuracao`.`google_analytics`, `Configuracao`.`email_destinatario`, `Configuracao`.`email_cc`, `Configuracao`.`email_remetente_host`, `Configuracao`.`email_remetente`, `Configuracao`.`email_remetente_senha` FROM `abear_2014`.`tb_configuracoes` AS `Configuracao` WHERE 1 = 1 LIMIT 1110
2SELECT `Endereco`.`id`, `Endereco`.`logradouro`, `Endereco`.`numero`, `Endereco`.`complemento`, `Endereco`.`bairro`, `Endereco`.`cep`, `Endereco`.`cidade`, `Endereco`.`estado`, `Endereco`.`telefone1`, `Endereco`.`telefone2`, `Endereco`.`fax`, `Endereco`.`email_rodape`, `Endereco`.`ativo`, `Endereco`.`ordem` FROM `abear_2014`.`tb_enderecos` AS `Endereco` WHERE 1 = 1 ORDER BY `Endereco`.`ordem` ASC330
3SELECT `Hotsite`.`id`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear_titulo_eng`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear_titulo_esp`, `Hotsite`.`premio_de_jornalismo_abear`, `Hotsite`.`agencia_abear_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`agencia_abear_titulo_eng`, `Hotsite`.`agencia_abear_titulo_esp`, `Hotsite`.`agencia_abear`, `Hotsite`.`clube_abear_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`clube_abear_titulo_eng`, `Hotsite`.`clube_abear_titulo_esp`, `Hotsite`.`clube_abear`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor_titulo_eng`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor_titulo_esp`, `Hotsite`.`tudo_para_voar_melhor`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos_titulo_eng`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos_titulo_esp`, `Hotsite`.`transporte_de_orgaos`, `Hotsite`.`asas_do_bem_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`asas_do_bem_titulo_eng`, `Hotsite`.`asas_do_bem_titulo_esp`, `Hotsite`.`asas_do_bem`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate_titulo_eng`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate_titulo_esp`, `Hotsite`.`aviacao_em_debate`, `Hotsite`.`quero_voar_titulo_ptbr`, `Hotsite`.`quero_voar_titulo_eng`, `Hotsite`.`quero_voar_titulo_esp`, `Hotsite`.`quero_voar`, `Hotsite`.`created`, `Hotsite`.`modified` FROM `abear_2014`.`tb_hotsites` AS `Hotsite` WHERE 1 = 1 ORDER BY `Hotsite`.`id` DESC LIMIT 1110
4SELECT `IntroCategoria`.`id` FROM `abear_2014`.`tb_intro_categoria` AS `IntroCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping' LIMIT 1000
5SELECT `Intro`.`id`, `Intro`.`texto_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_intro` AS `Intro` LEFT JOIN `abear_2014`.`tb_intro_categoria` AS `IntroCategoria` ON (`Intro`.`intro_categoria_id` = `IntroCategoria`.`id`) WHERE `intro_categoria_id` IS NULL AND `ativo` = '1' LIMIT 1000
6SELECT `VideoCategoria`.`id`, `VideoCategoria`.`nome_ptbr`, `VideoCategoria`.`nome_eng`, `VideoCategoria`.`nome_esp`, `VideoCategoria`.`url_amigavel_ptbr`, `VideoCategoria`.`url_amigavel_eng`, `VideoCategoria`.`url_amigavel_esp`, `VideoCategoria`.`created`, `VideoCategoria`.`modified` FROM `abear_2014`.`tb_video_categorias` AS `VideoCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping' LIMIT 1000
7SELECT `GaleriaCategoria`.`id`, `GaleriaCategoria`.`nome_ptbr`, `GaleriaCategoria`.`nome_eng`, `GaleriaCategoria`.`nome_esp`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_ptbr`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_eng`, `GaleriaCategoria`.`url_amigavel_esp`, `GaleriaCategoria`.`created`, `GaleriaCategoria`.`modified` FROM `abear_2014`.`tb_galeria_categoria` AS `GaleriaCategoria` WHERE `url_amigavel_ptbr` = 'clipping' LIMIT 1000
8SELECT `Clipping`.`id`, `Clipping`.`titulo_ptbr`, `Clipping`.`texto_ptbr`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr`, `Clipping`.`data` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`ativo` = '1' AND `Clipping`.`titulo_ptbr` <> '' ORDER BY `Clipping`.`data` DESC LIMIT 1110
9SELECT `Clipping`.`id`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` <> '' AND `Clipping`.`id` <> 237 AND `Clipping`.`id` < 237 ORDER BY `Clipping`.`id` DESC LIMIT 1110
10SELECT `Clipping`.`id`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` <> '' AND `Clipping`.`id` <> 237 AND `Clipping`.`id` >= 236 AND `Clipping`.`id` != 237 ORDER BY `Clipping`.`id` ASC LIMIT 2110
11SELECT `Clipping`.`titulo_ptbr`, `Clipping`.`url_amigavel_ptbr` FROM `abear_2014`.`tb_clipping` AS `Clipping` WHERE `Clipping`.`id` <> 237 AND `Clipping`.`ativo` = '1' AND `Clipping`.`titulo_ptbr` <> '' ORDER BY `Clipping`.`data` DESC LIMIT 1010100